17:54, 27 out 2016
Olimpíadas

Alunos e professores tocantinenses recebem medalhas na Olimpíada de Língua Portuguesa

Foto: Divulgação / Seduc Tocantins

Todos eles foram premiados com medalhas como reconhecimento pelo trabalho realizado ao longo do ano letivo. A premiação simboliza uma conquista pelo esforço e talento de cada um.

Josélia de Lima / Governo do Tocantins 

Para o grupo de professores e alunos tocantinenses que estão em São Paulo participando da 5ª edição da Olimpíada Nacional de Língua Portuguesa (OLP) Escrevendo o Futuro, a experiência é única. Todos eles foram premiados com medalhas como reconhecimento pelo trabalho realizado ao longo do ano letivo. A premiação simboliza uma conquista pelo esforço e talento de cada um.

Estão em São Paulo, o estudante Gabriel Fernandes Mendes e sua professora Gleice Fernandes Carvalho, da Escola Estadual Madre Belém; a estudante Sabrina Nunes de Souza, do Colégio Estadual Coronel José Francisco de Azevedo e sua professora Thanielle Magalhães Costa, de Conceição do Tocantins; o estudante Mateus de Souza Miranda, do Colégio Estadual Olavo Bilac, de Itaguatins, e a professora Rosália Conceição dos Santos Pereira; o estudante Thiago Aparecido da Silva, do Colégio Estadual Lavandeira e a professora Mariza de Jesus Pereira.

Em São Paulo, professores e alunos participaram de oficinas de produção de artigos de opinião, de palestras e visitaram a 32ª Bienal da Arte, com o tema “Incerteza Viva”. Nesta quinta-feira, às 18 horas, será realizada a solenidade e o anúncio dos premiados na etapa nacional.

 “Participar da Olimpíada é realmente incorporar o espírito olímpico desde a realização das oficinas em sala de aula. Este momento do encontro regional é um reconhecimento do trabalho realizado e um aprendizado único para as nossas vidas”, ressaltou a professora Gleice.

 “As oficinas da etapa regional proporciona uma grande aprendizagem, um momento único para cada professor que aqui está”, contou Mariza.

“O sentimento que expressa este momento é felicidade, pois a etapa regional aprimora os nossos conhecimentos e valoriza a nossa prática”, esclareceu Thanielle.

A Olimpíada de Língua Portuguesa selecionou 500 alunos, sendo 125 em cada uma das categorias que são: artigo de opinião, crônicas, memórias literárias e poema. A Olimpíada é um concurso de produção de textos destinados a alunos de escolas públicas, que cursam do 5º ano do ensino fundamental ao 3º ano do ensino médio. É uma iniciativa do Ministério da Educação e da Fundação Itaú Social, com coordenação técnica do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec).

A próxima etapa regional será com a categoria Crônica, e acontecerá em Porto Alegre, Rio Grande do Sul, no período de 8 a 10 de novembro.



Compartilhar

Outras Notícias