NOTÍCIAS

BNCC 10:43, 30 ago 2019 BNCC é discutida em Encontro do Regime de Colaboração dos Conselhos de Educação

BNCC é discutida em Encontro do Regime de Colaboração dos Conselhos de Educação

Em MS são 11 regionais, 22 redatores formadores estaduais, 115 formadores regionais, 2410 formadores locais, envolvendo 29 mil professores, 610.000 estudantes, em 1.311 escolas públicas.

Campo Grande (MS) – Nesta quinta e sexta feira (29-30.8), acontece, no Centro de Formação e Pesquisa Mariluce Bittar, em Campo Grande-MS, o I Encontro do Regime de Colaboração entre Conselho Estadual de Educação de Mato Grosso do Sul e Conselhos Municipais de Educação.

De acordo com a presidente do Conselho Estadual de Educação de Mato Grosso do Sul, Eva Maria Katayama Negrisolli, o objetivo do encontro é discutir, em regime de colaboração, assuntos gerais relacionados ao CEE, junto aos municípios de todo MS, bem como informações no tocante a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), “estamos no momento importante para que saibamos a necessidade dos conselhos no cenário educacional contemporâneo, temos função normativa, deliberativa e construtiva da política educacional, portanto, o fortalecimento dos conselhos é primordial”, enfatiza professora Eva.

O vice-presidente do Conselho Estadual de Educação de MS, Hélio Queiroz Daher palestrou sobre a proposta pedagógica e a articulação com o Currículo de Referência de Mato Grosso do Sul, “no cenário nacional, com relação a implementação da BNCC,  em 2017, a Resolução 02, tornou documento como força de norma obrigatório, desencadeando a necessidade de criarmos um documento de currículo de referência para adaptar a BNCC a realidade das redes de educação, o melhor procedimento foi o regime de colaboração com municípios, sendo positivo para Estado e municípios, todas as 27 unidades desenvolveram seu currículo de referência, sendo que 25 conselhos estaduais das unidades já validaram, entramos na fase formativa, na formação geral e, posterior, formação mais específica da base”, menciona Hélio Daher.

Mato Grosso do Sul, com relação a estrutura de formação, de acordo vice-presidente Hélio Daher, têm 11 regionais como órgãos de descentralização do processo, 22 redatores formadores estaduais, indicados pelo Estado e municípios, 115 formadores regionais, 2410 formadores locais, sendo os próprios coordenadores pedagógicos, envolvendo 29 mil professores, impactando 610.000 estudantes, em 1.311 escolas públicas de MS.

A secretária adjunta de Educação de Ponta Porã, Mirta Landouf, relatou sobre o objetivo principal no regime de colaboração, “são articulações cabíveis para promover educação de qualidade com todos atendimentos, vendo Estado e municípios em prol a melhor educação, além de atendermos toda parte nacional, temos oportunidade de discutir  as particularidades dos municípios, a troca de experiência é de suma importância e nos leva proporcionar e ofertar um trabalho cada ver melhor aos nossos educandos”, finaliza.

O I Encontro do Regime de Colaboração entre Conselho Estadual de Educação de Mato Grosso do Sul e Conselhos Municipais contou nesta quinta-feira com palestras sobre proposta pedagógica e articulação como currículo de referência de MS, no âmbito de Educação Infantil com conselheira Luziette Aparecida da Silva Amarilha e no âmbito de Ensino Fundamental com professora Eleida da Silva Arce Adaminski. Já a professora mestre Vera Lucia Campos Ferreira proferiu palestra sobre orientações de adequação da norma vigente atendendo as especificações do Currículo de Referência de MS. Amanhã, no período da manhã a programação será organizada em parceria com União dos Conselhos Municipais de Educação (UCMS/MS). 

Texto: Adersino Junior - Secretaria de Educação de Mato Grosso do Sul


Tags: Mato Grosso do Sul MS BNCC