NOTÍCIAS

Maranhão 16:54, 12 nov 2019 Centro Educa Mais Poeta Antônio José, em Santa Inês,receberá o primeiro Espaço Maker sustentável do MA

Centro Educa Mais Poeta Antônio José, em Santa Inês,receberá o primeiro Espaço Maker sustentável do MA

O Centro Educa Mais Poeta Antônio José, escola da rede pública estadual, localizada no município de Santa Inês, será a primeira unidade de ensino a receber um espaço Maker Sustentável no Maranhão. A novidade veio após a aprovação do projeto STEM Camp, de autoria dos educadores maranhenses Berenice Marinho Oliveira (gestora) e Cleriston Araújo da Silva (professordo Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão – IEMA).

O trabalho dos professores foi aprovado pelo Programa STEM TechCamp BRASIL, uma iniciativa da embaixada dos Estados Unidos no Brasil em parceria com o Laboratório de Sistemas Integráveis Tecnológico (LSI-TEC), e apoio da escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP) e do grupo +Unidos, com a finalidade de agregar e estruturar uma rede de profissionais com potencial e liderança para articular e aprimorar ações existentes e implantar novas ações voltadas à aprendizagem, em Ciências, Tecnologia, Engenharias e Matemática.

A dupla maranhense apresentou uma proposta de capacitação e cursos com atividades dinâmicas educativas, com abordagem fundamentada em cima das práticas do STEM – termo em inglês utilizado para fazer referência às áreas de Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática.

“Este espaço irá proporcionar aos alunos desse centro, um aumento de potencial de transformação do protagonismo juvenil, através do incentivo a inovação e a criatividade. A cultura maker fortalece os quatros pilares da educação, principalmente o aprender, fazer, fazendo”, explicou Berenice Marinho, que é gestora do Educa Mais Poeta Antônio José.

Além do espaço maker, o ‘Poeta Antônio José’ também foi agraciado para sediaro primeiro STEM TechCamp do Maranhão, que acontecerá nos dias 28 e 29 deste mês, com o propósito de replicar as práticas exitosas em que um espaço maker oferece. O público-alvo serão professores das Ciências da Natureza e de Matemática dos 12 municípios que compõem a Unidade Regional de Santa Inês e os alunos protagonistas da própria escola.

Para a estudante Francisca Rayane, o espaço é essencial, porque vai ajudar a desenvolver as competências dos jovens e colocar em prática todos os trabalhos e pesquisas idealizadas nas aulas.

“Ele vem com a finalidade de desenvolver e de organizar formas e técnicas que são essenciais para desperta a criatividade dos alunos, vem com um objetivo bem especifico,com um conjunto de conhecimentos técnicos que prevalece fortemente dentro do ambiente. É um local que vai ser bem adequado, bem confortável para que o aluno se sinta livre para poder pensar, para criar, para poder praticar o que se tanto quer”, avaliou.

Fonte: SEDUC/MA


Tags: Maranhão Educação Integral MA