NOTÍCIAS

Empreendedorismo 11:56, 16 out 2019 Ciclo de palestra quer despertar o empreendedorismo juvenil em escolas do Amapá

Ciclo de palestra quer despertar o empreendedorismo juvenil em escolas do Amapá

Objetivo é fomentar o empreendedorismo de jovens, com implementação de pequenos negócios e criação de novas oportunidades.

Por Leidiane Lamarão

Iniciou nesta terça-feira, 15, na Escola Estadual Azevedo Costa, em Macapá, o Ciclo de Palestras “Empreendedorismo Juvenil, o protagonista do 3º milênio”. O objetivo é fomentar o empreendedorismo de jovens, com implementação de pequenos negócios e criação de novas oportunidades, a partir da descoberta de habilidades, talentos ou paixões, para geração de emprego e renda.

A iniciativa é do Governo do Amapá, através de parceria entre a Agência de Desenvolvimento Econômico (Agência Amapá), Secretaria de Estado da Educação (Seed) e Agência de Fomento do Amapá (Afap).

A escola Azevedo Costa foi escolhida para receber o projeto piloto, pelo histórico de educação empreendedora.

Segundo o diretor da instituição, Josenei Souza Moreira, em 2016, foi implantada no colégio a Educação Empreendedora, com o cunho de transformá-la em disciplina, que se tornou realidade em 2018, com a capacitação de 15 professores.

“Com esses 15 professores, conseguimos ampliar a quantidade de alunos capacitados, e, no ano passado, realizamos a nossa primeira feira de empreendedorismo juvenil, de onde saíram 84 empresas constituídas. Para este ano, com essas importantes parcerias, pretendemos ultrapassar cem empresas constituídas”, aposta o diretor.

Na programação desta terça-feira, os alunos assistiram à palestra “Empreendedorismo Juvenil”, ministrada pela consultora Nelma Setubal, facilitadora do Sebrae/AP e técnica da Controladoria-Geral do Estado. Houve também palestras sobre formalização de Micro Empresa Individual (MEI), benefícios da Lei Complementar nº 108/2018 e Selo Amapá, ministradas pelos técnicos da Agência Amapá; linhas de financiamento para informal e MEI, pela Afap. Todos receberam kits com cartilhas MEI, ME e EPP e Linhas de Acesso ao Crédito.

Para o jovem Antony Câmara, 16 anos, aluno do 1° ano do ensino médio, as palestras ajudaram muitos a encontrarem novos caminhos para o empreendedorismo de sucesso.

“Nas aulas do dia a dia, a gente se interessa, mas, nem sempre acha que é possível. E, com todos esses esclarecimentos que nos foi repassado, ficamos mais entusiasmados por saber exatamente como proceder. A escola nos dá a prática, e as palestras contribuem com informações mais burocráticas, e isso é muito importante. Quero agradecer a todos que realizaram o evento”, agradeceu o estudante.

O diretor de Desenvolvimento Setorial e Regional, Joselito Abrantes, falou da importância do evento e da parceria para o desenvolvimento econômico do estado.

“Sabemos, hoje, da dificuldade mundial de conseguir um emprego. Com o avanço tecnológico e a globalização, está cada vez mais difícil se inserir no mercado de trabalho, principalmente, para os jovens que não têm a experiência tão solicitada pelo mercado. Por isso, esse tipo de evento é de extrema importância, e o Governo do Estado tem olhado com carinho para todas as áreas. A Agência Amapá tem esse papel de incentivar e criar novas oportunidades. Estaremos sempre de portas abertas para atender a todos. Parabéns à escola, aos alunos e a todos que estão ligados direta ou indiretamente na realização deste evento”, parabenizou Abrantes.

O projeto piloto teve início em Macapá, na escola Azevedo Costa, e depois se estenderá para toda a rede de ensino público e privado do estado, contemplando os ensinos fundamental, médio profissionalizante e superior. E ainda, os empreendedores do entorno da escola Azevedo Costa e também do Curiaú.


Tags: Amapá AP Empreendedorismo