16:45, 18 mar 2015
Rio de Janeiro

Colégios da capital dão início aos projetos Rio 450

Foto:

Com pesquisa, redações e passeios a pontos turísticos do Rio, unidades trabalham para comemorar a data

Com a criação de uma linha do tempo com fotos e registros de jornais, resultado da primeira etapa da pesquisa sobre eventos e monumentos da cidade do Rio de Janeiro, alunos do Ciep 092 Federico Fellini, em Tomás Coelho, deram início ao projeto de comemoração dos 450 anos da fundação do Rio de Janeiro. 

O projeto pedagógico vai abordar o tema transversalmente em Ciências Humanas e abranger as disciplinas de História, Artes, Geografia, Sociologia e Literatura.

Essa primeira exposição de trabalhos será seguida por outra, com fotos do Rio antigo – resultado de uma pesquisa iconográfica que vai mostrar a evolução da cidade, bem como as mudanças na vida de seus habitantes desde a fundação.

Em uma terceira fase, os alunos vão buscar  a história de grandes nomes cariocas de escritores, artistas plásticos, poetas, compositores e cantores, entre outros, que contribuíram para o enriquecimento cultural da cidade como Machado de Assis, Lima Barreto e Heitor dos Prazeres. Para encerrar, os alunos vão registrar em telas aspectos relevantes da cidade como pontos turísticos, monumentos históricos e eventos que marcam a vida dos cariocas.

O trabalho foi proposto pelos professores Maria de Lourdes Bastos Lopes, Sebastião Pinheiro Martins e Ana Lúcia de Rezende Marques – coordenadora e articulador pedagógico e agente de Leitura, respectivamente. Na execução, os professores de Artes, Alexandre Jorge Freitas da Silva; de Francês, Francisco José do Nascimento; e de Língua Portuguesa e Literatura, Maria Dalila Julio Soares, Jorge Roberto Nascimento Maia e Verônica Monteiro da Silva

A diretora da unidade, professora Tânia Rodrigues Guedes, revela que o projeto cresceu e que os professores já estão colocando novas ideias em andamento para enriquecer ainda mais o trabalho.

– Os alunos receberam a proposta com muito interesse. A ideia da criação do corredor cultural está mobilizando todas as turmas, inclusive do turno da noite. Depois dessa primeira etapa, todos querem participar.

Também no Colégio Estadual Professora Matilde de Jesus Quadrado, na Ilha do Governador, os alunos já começaram a trabalhar o tema com pesquisas e produção de textos - fazendo uma análise de como vêm a cidade do Rio - e agendaram uma visita ao Pão de Açúcar para o próximo dia 26. A diretora Roseli Alves de Castro providenciou as gratuidades e o ônibus para levar os cerca de 60 alunos do Ensino de Jovens e Adultos dessa unidade.

A gestora tem um motivo a mais para comemorar a data: em 1965, quando o Rio fez 400 anos, ela ganhou o concurso de redação que a sua escola promoveu. O texto, guardado há meio século, vai servir de comparação para uma análise sobre mudanças que a Língua Portuguesa sofreu ao longo desses anos, sobre os vários estilos de redigir e sobre a visão que a adolescente de ontem e os alunos de hoje têm sobre a cidade.

Segundo ela, todos estão muito animados com as pesquisas, com o passeio e com a seleção das melhores redações sobre o Rio.

– A professora de Língua Portuguesa, professora Heloise Cabral, está analisando os trabalhos. Vamos produzir murais para todos terem acesso aos textos. O passeio torna o projeto ainda mais interessante. Queremos tirar muitas fotos, finalizou.

O projeto, dividido em quatro eixos norteadores, será desenvolvido durante o ano. Os alunos vão estudar a história e geografia do Rio, a sua urbanização, migração, folclore e influências culturais, entre outros temas.


Compartilhar

Outras Notícias