NOTÍCIAS

Santa Catarina 13:11, 21 mar 2018 Dia D da Base Nacional Comum Curricular mobiliza educadores e comunidade escolar de Santa Catarina

Em todas as Regionais do Estado profissionais se reuniram juntamente com comunidade escolar para estudar a BNCC. Equipe da EEB Santa Terezinha, uma das 47 escolas da Regional de Maravilha. Professores explicando a BNCC aos alunos da EEB Maria Konder Bornhausen, da Regional de Jaraguá do Sul.
Foto: Divulgação/Lages

A terça-feira, 20, foi de discussões sobre a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) nas escolas estaduais, municipais e particulares de Santa Catarina. A ação, definida pelo Ministério da Educação, foi articulada pela Secretaria de Estado da Educação e União de Dirigentes Municipais de Educação (Undime), juntamente com comunidade escolar, secretários de Educação, diretores de escola, equipe pedagógica, professores, pais e alunos.

Além da mobilização nas escolas, também houve formação aos gestores da SED, Conselho Estadual da Educação e Fundação Catarinense de Educação Especial (FCEE). “O objetivo das discussões é para que o documento seja analisado e estudado por todos os envolvidos, como educadores, alunos e familiares para que possa ser construído o novo currículo da Educação Infantil e do Ensino Fundamental”, explica a coordenadora da BNCC da SED, Julia Siqueira da Rocha.

A BNCC é um instrumento de justiça na educação em que cada profissional, família e estudante sabe o que deve ser aprendido em cada ano letivo como direito ético, estético e político essenciais ao exercício da cidadania, independente da origem de nascimento, da rede de ensino e escola que frequenta.

Mais de 400 profissionais da Educação participaram da discussão na Regional de Brusques articulada pela doutora em Educação Cassia Ferri que ressaltou a importância do trabalho coletivo e os desafios para a implementação da BNCC. “Precisamos adequar o Projeto Político de cada escola, os Planos de Ensino de cada docente, e a Proposta Curricular do Estado de Santa Catarina precisa ser reestudada à luz da Base Nacional Comum Curricular”, afirmou.

Na Regional de Maravilha os profissionais das 47 escolas estiveram no período matutino em estudo sobre a BNCC que envolveu toda a comunidade escolar. O supervisor de Políticas e Planejamento Educacional, Sidnei Carlos Bernhard, acompanhou os estudos na EEB Santa Terezinha e enfatizou sobre a importância desta discussão. “Vamos ter um período de estudos e formação até 2020, sendo o nosso grande objetivo a formação integral do aluno, passando pela formação dos professores que por meio de novas metas e diretrizes poderão desenvolver suas atividades em sala de aula”.

Na Regional de Lages foi priorizado o contato e a discussão com os gestores, preparando-os para o trabalho com a comunidade escolar sobre BNCC dia 9 de abril. “Os gestores receberam todas as informações e materiais para realizarem a discussão na escola e saíram animados pelos esclarecimentos e pela metodologia utilizada. Nosso evento foi um sucesso”, conta o gerente Regional de Educação, Humberto Aloízio de Oliveira.

Sobre BNCC

A Base Nacional Comum Curricular (BNCC) foi homologada no dia 20 de dezembro de 2017. É um documento de caráter normativo que define o conjunto orgânico e progressivo de aprendizagens essenciais que todos os alunos devem desenvolver ao longo das etapas e modalidades da Educação Básica. Conforme definido na Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB, Lei nº 9.394/1996), a Base deve nortear os currículos dos sistemas e redes de ensino das Unidades Federativas, como também as propostas pedagógicas de todas as escolas públicas e privadas de Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio, em todo o Brasil.

A Base estabelece conhecimentos, competências e habilidades que se espera que todos os estudantes desenvolvam ao longo da escolaridade básica. Orientada pelos princípios éticos, políticos e estéticos traçados pelas Diretrizes Curriculares Nacionais da Educação Básica, a Base soma-se aos propósitos que direcionam a educação brasileira para a formação humana integral e para a construção de uma sociedade justa, democrática e inclusiva.


Tags: Santa Catarina SC Escolas Estaduais BNCC Escola pública EducaçãoSC Dia D da BNCC