NOTÍCIAS

Piaui 17:16, 29 jul 2019 Educação é destaque no Fórum Piauí de Sucesso

Foto:

Os avanços da Educação do Estado foram destaque no Fórum Piauí de Sucesso, projeto realizado pela TV Clube, que aconteceu nesta sexta-feira (26), no auditório Maria Bonita, em Floriano.

O evento mostrou histórias que inspiram, como a da professora Rejane Sousa que há 20 anos se dedica à sala de aula e vem mudando vidas de estudantes da Unidade Escolar Luiz Soares da Silva, na cidade de São José do Peixe.

A professora, de forma lúdica e com novas metodologias, conseguiu mudar a visão que os alunos tinham da Matemática e diminuiu a quantidade de estudantes com desempenho abaixo do básico nas avaliações.

Rejane, desde 2017, é uma multiplicadora do Mais Matemática, projeto da Secretaria de Estado da Educação do Piauí (Seduc), vinculado ao programa Pacto pela Aprendizagem, que incentiva a aprendizagem da disciplina que ainda é bicho de sete cabeças para muitos.

Durante o Fórum, a professora contou como trabalha para desenvolver o raciocínio lógico dos estudantes e como tornou a disciplina mais atrativa.

"O Mais Matemática tem uma metodologia própria de incentivar o professor e, a partir do momento que iniciei a formação, o projeto me inspirou a um trabalho diferenciado. Para dinamizar a aula na minha sala de aula utilizo simulados, jogos, dinâmicas e música como estratégias de ensino para melhorar a aprendizagem, colocando o aluno como protagonista ocupando o lugar do professor para transmitir o conhecimento adquirido em sala de aula. A nossa experiência permitiu aos alunos obter sucesso nas avaliações internas e externas e melhorar o índice no Programa Jovem de Futuro", destaca a professora Rejane Sousa.

O Secretário de Estado da Educação, Ellen Gera, esteve presente no evento destacou a importância da educação ser pauta do Fórum Piauí de Sucesso.

"Falar sobre um Piauí de sucesso é uma oportunidade para destacar também uma educação de sucesso. O Piauí tem um caso de desenvolvimento educacional importante, especialmente nestas duas décadas, ampliando o acesso escolar com a oferta de Educação Profissional, Educação de Jovens e Adultos e na educação de Ensino Superior. O Piauí hoje é forte na oferta de educação, então vamos falar sobre os avanços e apontar alguns desafios para serem vencidos e o que está por vir para a pasta da educação pública", disse o secretário no início da apresentação.

Na sua palestra ele fez um diagnóstico da Educação no Estado de 2000 a 2018. "Avançamos muito nestes quase 20 anos. O acesso à escola, por exemplo. Em 2000 tínhamos Ensino Médio em apenas 166 municípios, hoje temos escolas de Ensino Médio nos 224 municípios. Com educação básica em todo o Estado, conseguimos aumentar o número de matriculas e hoje o Piauí está acima da média nacional em número de jovens de 15 a 17 anos matriculados na escola. Somos o segundo melhor Estado, ficando atrás apenas de Tocantins", afirmou o secretário.

O secretário apontou a mediação tecnológica entre os projetos da pasta que ampliaram o acesso à educação no Estado. "A Seduc tem hoje se desenvolvido na parte tecnológica com o Canal Educação, uma plataforma que utiliza o ensino por mediação tecnológica. A 10 GRE conseguiu expandir o sistema a todos os municípios jurisdicionados em que ela oferta o ensino médio, preparatório do Enem, etapas da EJA, formação para os professores e gestores, além de encurtar as reuniões administrativas entre sede e todas as gerências", disse.

Ellen Gera destacou também o crescimento do Ideb nos últimos anos. "Investindo em programas de combate à evasão escolar como o Mobieduca.me, Poupança Jovem e para melhorar a aprendizagem como Pacto pela Aprendizagem, com o Mais Matemática e o Mais Português; e Jovem de Futuro, dentre tantos outros que estamos desenvolvendo, conseguimos melhorar o nosso Ideb e mantê-lo em uma curva sempre crescente", pontuou.

A diminuição do analfabetismo, o investimento na Educação Profissional e no Ensino Superior também foram citados pelo secretário. "Mais que dobramos o número de escolas que ofertam a modalidade Educação de Jovens e Adultos, saímos de 135 escolas em 2000 para 426 em 2018. Tivemos também uma queda significativa no analfabetismo de 30,50%, em 2000, para 16,10% em 2018. Demos um salto significativo com relação à Educação Profissional, saímos de três municípios com oferta de cursos técnicos para 212. No Ensino Superior, subimos de 26 para 162 municípios com oferta de cursos. Isso foi uma política do Governo Estadual, que resolveu não esperar apenas pelo Governo Federal e passou a investir, com recurso do Tesouro, no Ensino Superior criando a Universidade Aberta do Piauí", disse.

O secretário finalizou sua participação afirmando que a meta do Governo é melhorar o IDH do estado e que a educação é um dos pilares para atingir este objetivo. "O grande objetivo do governador Wellington Dias é fazer com que nosso estado se desenvolva e ele sabe que a educação é fundamental para isso. Por isso, esta gestão está trabalhando para que tenhamos o ciclo completo da Educação em todos os municípios. Nosso objetivo é ter uma escola de qualidade, inclusiva e que forme cidadão", finalizou.


Tags: IDEB PI Piaui resultado