NOTÍCIAS

Sergipe 12:22, 15 mar 2021 Educação Estadual acelera investimentos no Ensino Híbrido

Foto:

São investimentos nunca vistos para que alunos e professores possam cada vez mais ter acesso ao ensino presencial e remoto, durante e depois da pandemia

Internet para alunos e professores, melhoria dos laboratórios de informática, aperfeiçoamento do parque tecnológico escolar, lançamento de canal de TV com abrangência em todo estado, portal e aplicativo Estude em Casa, recursos direto aos cofres das escolas, aulas através do rádio, infraestrutura e segurança são algumas das ações que o Governo do Estado tem persistido para garantir que o ensino híbrido, ou seja, presencial e remoto, seja uma realidade diária na rede estadual de ensino.

As ações foram intensificadas ao longo do período pandêmico e, por consequência, foi visto que investir na tecnologia de ponta, bem como em infraestrutura e segurança são fatores que modernizam, qualificam e promovem a democratização do acesso ao ensino/aprendizagem.

Em 2020, quando iniciou o período pandêmico, a Seduc não mediu esforços em garantir a continuidade do ensino/aprendizagem de mais de 150 mil alunos e criou, primeiramente, o Portal Estude em Casa, um importante material de apoio para estudo e atividades nos níveis Educação Infantil, Educação Profissional, Ensino Fundamental, Ensino Médio, Educação de Jovens e Adultos (EJA), Preuni e Educação Inclusiva. No portal, estudantes, professores, pais, mães ou responsáveis têm um espaço reservado para acessar o material de apoio para estudos e atividades tanto presencial e remotamente.  O portal Estude em Casa disponibiliza mais de 10 mil conteúdos para alunos, professores e pais/responsáveis. Também foi criado pela Seduc um aplicativo em que o Portal Estude em Casa é acessado pelo celular, tablets ou similares com tecnologia desenvolvida pela Seduc.

O diretor do Djenal Tavares de Queiroz, César Henrique Pita Estrelado, disse que nesse contexto de pandemia, a escola atuou com o ensino híbrido e permanecerá presencialmente e remotamente. “Acreditamos que essa é a tendência, continuar com as aulas presenciais e também remotas, já que avançamos muito nessa comunicação através do Google Forms e das videoaulas. Como os alunos têm um manejo muito bom com equipamentos eletrônicos, isso fortalece ainda mais saber aquilo que cabe no ensino híbrido. Então conseguimos fazer uma conciliação muito boa entre o presencial e o remoto”, afirma.

Internet e aplicativo Estude em Casa

O Governo de Sergipe, por meio da Seduc, iniciou o fornecimento a mais de 150 mil alunos e 9 mil professores da rede estadual de educação o serviço de internet patrocinada, com pagamento a partir da fruição de dados (o pacote de internet será disponibilizado diretamente no chip dos professores e alunos). O Governo do Estado contratou as principais empresas de telefonia móvel: Vivo, Claro e Oi, e agora os usuários poderão navegar pelo aplicativo criado pela Seduc, o App Estude em Casa, usufruindo das funcionalidades do YouTube, Google for Education, além de fazer download dos arquivos em PDF, sem ter de usar o próprio plano de dados de internet do celular ou mesmo quando estiverem sem acesso a uma rede wi-fi.

A internet garante acesso aos mais de 10 mil conteúdos pedagógicos no aplicativo Estude em Casa, plataforma desenvolvida para smartphones e dispositivos móveis com sistema operacional Android. Com a contratação dos pacotes de dados, foram investidos mais de R$ 7,4 milhões.

TV Estude em Casa com conteúdo exclusivo pedagógico

Os conteúdos são produzidos por professores de Sergipe e com parceria do Centro de Mídias do Governo do Amazonas para transmitir 22 horas uma programação direcionada ao ensino fundamental, médio, profissional e para o Enem.

As videoaulas fazem parte dos investimentos em ensino híbrido do Governo de Sergipe que disponibiliza aulas remotas e presenciais para alunos matriculados na rede estadual durante o período de afastamento social, necessário ao enfrentamento de emergência de saúde pública de importância internacional, decorrente da propagação do coronavírus (covid-19) e, no retorno às aulas presenciais.

Em parceria com a TV Sergipe, as videoaulas serão transmitidas por meio do canal aberto de TV Digital de multiprogramação (4.2), devidamente outorgado pelo Ministério das Comunicações e Anatel, visando à prestação de serviço de transmissão de mídia de conteúdo pedagógico, em disponibilidade de 24h, com programação diária.

A aluna Raquel Lopes Prata Santos, 18 anos, estuda no 3º ano do ensino médio do Centro de Excelência Gonçalo Rollemberg Leite, em Aracaju, e esteve no lançamento da Internet Patrocinada e da TV Estude em Casa representando todos os alunos da rede estadual. “Com essas duas iniciativas será muito melhor, porque como antes o acesso à internet e às aulas era um tanto limitado, agora poderemos ter cem por cento das aulas não presenciais garantidas”, concluiu.

Tecnologia de ponta

Os investimentos da ordem de R$ 31.412.775,48 fazem parte do projeto do Governo para qualificar a educação, bem como promover mais melhorias para a comunidade escolar no retorno gradual das aulas presenciais e efetivação do Ensino Híbrido.

A aquisição dos equipamentos e serviços está sendo realizada por lotes. Ao todo, a Seduc pretende investir no lote planejado em 2020, R$ 13 milhões em investimentos de computadores e impressoras, software e hardware e segurança com aquisição de 3.747 computadores, 1.147 deles paras as escolas de Ensino Médio em Tempo Integral e 2.600 para o convencional.

Segundo o diretor do Colégio Ofenísia Freire, Dayvid Feitosa, através dos investimentos em Tecnologia feitos pelo Governo, a Seduc encaminhou ao Ofenísia Freire equipamentos essenciais para a modalidade híbrida. “Foram entregues computadores de alta configuração, impressoras a jato, obras de restruturação da sala de informática, instalação de fibra óptica e acesso a redes de wi-fi. São investimentos que possibilitarão a todos os alunos, equipe pedagógica e professores a se adequarem a nova modalidade híbrida de ensino em meio a pandemia. Trabalhamos sempre para que nossos alunos tenham os melhores meios de ensino aprendizagem, mesmo diante de uma crise epidemiológica sem precedentes”, disse.

A Seduc adquiriu um montante de notebooks e impressoras, que estão sendo distribuídos para as escolas e para as áreas administrativas. Há recursos também a serem aplicados em implantação de solução de rede segura e WiFi, implantação de solução de segurança, Datacenter (implantação de solução integrada de computação, armazenamento de dados, redes, backup e replicação (hiper convergência), atualização da Solução de Backup, Datacenter Pré-Fabricado e Internet Patrocinada para professores e estudantes.

Na ótica do aluno Antony, que terminou o terceiro ano do Ensino Médio no Centro de Excelência Atheneu Sergipense, investimentos feitos em laboratórios, quer sejam eles de tecnologia ou não, e outros equipamentos escolares, é tornar as aulas mais dinâmicas e transformar o que é aprendido em realidade. “Seja no laboratório de química, de física, de informática... a gente consegue ter uma dimensão maior do que é aprendido, e fica tudo mais fácil quando conseguimos visualizar, topar, pôr a mão na massa. Sem dúvida nenhuma, os laboratórios são artifícios que nos fazem estar dentro, literalmente dentro da matéria. Eu acho gratificante poder dizer que faço parte de uma escola da qual pôde me oferecer esse aparato e esses serviços durante meu ensino médio”, afirmou.

Modernização, ampliação e segurança

Investimentos nunca vistos em infraestrutura estão sendo feitos pelo Governo de Sergipe para qualificar, modernizar, ampliar, democratizar acesso ao ensino e entrar definitivamente na era do ensino híbrido. São investimentos vultosos que correspondem às obras finalizadas e em andamento, desde que se iniciou o Governo Belivaldo Chagas, em 2018.

O Governo de Sergipe indicou a Educação como um dos pilares da Política de Governo e nos 75 municípios sergipanos há uma obra de grande ou pequeno porte sendo executada em escolas da rede estadual. Investimentos nunca vistos em infraestrutura estão sendo feitos para qualificar, modernizar, ampliar e democratizar o acesso ao ensino. São mais de 91 obras na rede pública estadual inauguradas, projetadas ou que serão entregues à população ainda em 2021, num investimento total de R$ 83.292.787,76.

O montante aplicado no sistema de tecnologia de segurança escolar chega a R$ 6.419.842,20, a fim de garantir que as unidades estejam dotadas de tecnologia de ponta também nessa área. O projeto iniciou em 2017 com 48 escolas-piloto e hoje funciona em 272 unidades escolares com previsão de 100% das escolas até o início de março, o que confere à Seduc um sistema completo de videomonitoramento junto com o trabalho de 1.272 vigilantes efetivos, 270 vigilantes terceirizados e, mesmo durante a pandemia, a contratação de mais 35 novos vigilantes.

Verbas diretas nos cofres das escolas

O Programa de Transferência de Recursos Financeiros Diretamente às Escolas Públicas Estaduais objetiva prestar assistência financeira suplementar às escolas públicas da educação básica da rede estadual em Sergipe, a fim de promover melhorias em sua infraestrutura física e pedagógica.

Foram investidos um total de R$ 54.625.269,50, desse total R$ 5.782.920,00 foram destinados à compra de materiais de biossegurança, R$ 273.000,00 para investir em projetos pedagógicos e R$ 11.951.840,00 para compra dos kits escolares para alunos com mochila, lápis, caneta, borrachas, dentre outros.

O diretor Cledson Inácio, da Escola 11 de Agosto, localizada em Aracaju e que trabalha com a educação inclusiva, afirma que a com os investimentos do Profin e PDDE, além de novos computadores e investimentos em infraestrutura, a escola amplia os serviços essenciais, atendendo aos protocolos sanitários, de biossegurança e democratização do ensino com responsabilidade social.“Estamos trabalhando administrativamente para subsidiar e consolidar as práticas pedagógicas exitosas de 2020 no que concerne a inclusão educacional da pessoa com deficiência no cenário de pandemia, na perspectiva de uma educação presencial e virtual de qualidade. Estamos na construção da rampa de acessibilidade e revisão elétrica, hidráulica e gradeamento do primeiro piso”, destaca.

Leia também:

Governo de Sergipe autoriza reforma e modernização de 34 escolas da rede estadual

Governo de Sergipe investe em tecnologia de ponta e entra definitivamente na era do ensino híbrido

Governo de Sergipe investe mais de R$ 3 mi em kits de robótica para escolas do ensino médio em tempo integral


Tags: Sergipe SE Investimentos ensino híbrido