NOTÍCIAS

Roraima 12:31, 12 nov 2020 Em Roraima, ensino remoto encerrará dia 10 de dezembro com a suspensão do ano letivo 2020

Em Roraima, ensino remoto encerrará dia 10 de dezembro com a suspensão do ano letivo 2020

Por Mágida Azulay Khatab

Fotos: Ascom/Seed

As atividades pedagógicas na rede estadual de ensino seguem sendo ofertadas até 10 de dezembro, data em que se encerrará o ensino remoto com a suspensão do ano letivo 2020. O retorno presencial às escolas continua sem data definida.

Os estudantes da rede não estarão aprovados e nem reprovados no ano letivo 2020. As avaliações, provas e atribuições de notas só poderão ser realizadas quando do retorno das aulas presenciais, momento em que poderá ser feito o cômputo das atividades remotas e do cumprimento efetivo de dias letivos, conforme normativas emanadas pelo CNE (Conselho Nacional de Educação).

Após o dia 10 de dezembro, os professores, coordenadores pedagógicos e gestores escolares continuarão realizando ações, como correção de atividades, avaliação das ações propostas no período remoto e planejamentos. As férias escolares do final do ano serão de 28 de dezembro de 2020 a 26 de janeiro de 2021.

A fim de alinhar as atividades nesta reta final de oferta de ensino remoto, a Seed (Secretaria de Educação e Desporto), por meio dos departamentos pedagógicos DEB (Departamento de Educação Básica), Depe (Departamento de Políticas Educacionais) e Ceforr (Centro Estadual de Formação dos Profissionais da Educação de Roraima), promoveu nesta quarta-feira, 11, uma oficina com os coordenadores pedagógicos que atuam nas escolas da capital.

A secretária de Educação e Desporto, Leila Perussolo, participou da abertura do encontro e reforçou a necessidade do cumprimento das normativas educacionais. “É preciso se fazer cumprir a legislação e todas as normativas legais da educação nacional e estadual, especialmente as relacionadas ao ensino remoto que foi ofertado diante do novo cenário da pandemia da COVID-19”, enfatizou a secretária.

OficinasJá a diretora do DEB, Raimunda Rodrigues, explicou as atividades práticas da oficina de alinhamento com os coordenadores. “Nesse encontro, estamos propondo a oferta de atividades por área de conhecimento, ou seja, temos quatro áreas que englobam muitas disciplinas e os professores devem planejar de forma integrada e enviar ao aluno apenas uma atividade por área”, disse Raimunda.

Para Fabiana Pereira da Silva, coordenadora pedagógica da Escola Estadual Francisca Élzika, foi um momento importante para o saneamento de dúvidas e esclarecimento quanto aos procedimentos pedagógicos a serem adotados nas escolas.

“Esse alinhamento de informações está sendo importante para nós, coordenadores, para que possamos levar as informações corretas para os professores da escola. Estamos tendo o retorno e as respostas que estávamos precisando para levar as orientações com segurança e tranquilidade”, afirmou.

Os coordenadores se dividiram em grupos por área de conhecimento para as discussões e atividades práticas. As áreas de conhecimento são: 1) Linguagens, Códigos e suas tecnologias; 2) Matemática e suas tecnologias; 3) Ciências da Natureza e suas tecnologias e 4) Ciências Humanas e Sociais aplicadas.

O encontro ocorreu no Centro Estadual Profissionalizante Professor Antônio de Pinho Lima. As informações também serão repassadas aos coordenadores pedagógicos que atuam nas escolas do interior do Estado, por meio de webconferência.

Ensino remoto na rede estadual

Em 2020, as aulas foram suspensas no dia 17 de março, com a antecipação do recesso escolar do meio do ano, conforme Decreto Governamental n° 28.587-E. As atividades não presenciais na rede estadual de ensino (ensino remoto) iniciaram no dia 6 de abril, conforme Decreto n° 28. 663-E, e seguiram até o dia 30 de agosto.

No mês de setembro e nos primeiros 15 dias de outubro, o ensino remoto ficou suspenso para um período de avaliação e realinhamento das ações pedagógicas e foi retomado no dia 19 de outubro, seguindo até 10 de dezembro. As aulas presenciais nas escolas seguem suspensas em toda a rede, conforme Decreto do Governo do Estado n°29.241-E, de 27 de agosto de 2020.

Para os estudantes que possuem acesso à internet, os conteúdos estão sendo repassados de forma online, por meio de redes sociais (como o Whatsapp) e aplicativos (como Google Classroom, Google Meet), entre outras ferramentas digitais. Os conteúdos são elaborados exclusivamente pelos professores.

Para os estudantes que não dispõem de acesso à internet, os professores estão elaborando apostilas com conteúdos didáticos. Os pais têm horários específicos para retirar e devolver o material na escola. Nas escolas localizadas em comunidade indígenas e para os estudantes que moram em localidades distantes da escola, o material chega com o apoio do serviço flexibilizado do transporte escolar.

A Seed também leva conteúdo didático e informações educacionais aos alunos da rede por meio das ondas da Rádio Roraima, com os programas Ondas do Saber (veiculado diariamente), Dialogando com o Psicossocial (três vezes por semana) e Saúde Bucal – Sorriso é Arte (veiculado diariamente).

De acordo com o Censo Escolar da Educação Básica 2019, Roraima possui 75.386 alunos matriculados em 374 escolas.


Tags: Roraima RR