NOTÍCIAS

Sergipe 09:18, 5 jun 2020 Escola de Sergipe lança projeto, confecciona e doa máscaras

Foto:

A tarefa de fiar, tecer e costurar foi concebido pelas mãos da servidora Maria José de Souza, costureira nas horas vagas, com o apoio da direção e de professores da escola

Um tecido de grandes significâncias e com uma nobre intenção fez parte do projeto “Onde há educação, há proteção”, da Escola de Ensino Fundamental Sagrada Família, localizado em Neópolis, município sergipano banhado pelas águas do Rio São Francisco. Educar e cuidar é o objetivo do corpo de servidores da unidade de ensino que acolhe cerca de trezentos estudantes dos anos iniciais e finais da primeira etapa da Educação Básica. 

Ligada às questões sociais que devem aproximar a escola dos alunos do Baixo São Francisco, a unidade desenvolveu o projeto considerando o acesso das crianças aos cuidados com a saúde nesse contexto de pandemia mundial de Covid-19. Dessa forma, para além do trabalho de conscientização dos cuidados com a higiene e restrições afetivas com as pessoas de fora da casa onde mora, a unidade escolar produziu coletivamente máscaras de proteção para todos os alunos da Sagrada Família. 

Compartilhando e dividindo ideias entre colegas, a gestora escolar, Débora Lima, conta que o projeto previa realizar atividades que envolvessem o tema educativo e preventivo, onde a máscara se tornava peça fundamental. A merendeira, Maria José de Souza, logo se solidarizou e doou o tecido 100% algodão. 

A tarefa de fiar, tecer e costurar também foi concebido pelas mãos da servidora Maria José de Souza, costureira nas horas vagas, com o apoio da direção e de professores para a impressão do escudo da escola e dos elásticos em cada uma das máscaras. A fim de confeccionar o utensílio na forma padrão, a equipe de vigilância sanitária do município foi acionada para orientar. “A gente teve o cuidado de, além do tecido de algodão, colocar um forro por baixo para ser uma máscara realmente protegida”, enfatiza Débora. 

Para evitar aglomerações na escola, a entrega das três centenas de máscaras ocorreu de forma descentralizada, com pontos de distribuição nas residências dos professores. Além disso, mais vinte máscaras foram doadas para a equipe escolar. “É tudo muito simples, mas é um amor que transborda e que todo mundo fica junto nessa energia, principalmente em um momento como esse. Tem criança que não tem condição de ter uma máscara, então para essas crianças a máscara é ainda mais especial”, concluiu.


Tags: Sergipe SE solidariedade