NOTÍCIAS

Secretaria de Educação do Rio de Janeiro 12:38, 11 dez 2018 Escola pública conta com biblioteca de revistas em quadrinhos

Marcia Costa Marcia Costa
Foto: Marcia Costa

Gibiteca possui acervo de 15 mil revistinhas

Com o objetivo de incentivar a leitura de histórias em quadrinhos e desenvolver a criatividade dos estudantes, o Colégio Estadual Infante Dom Henrique, em Copacabana, na Zona Sul do Rio de Janeiro, e a Academia Brasileira de História em Quadrinhos (Abraq) criaram a Gibiteca Edmundo Rodrigues. O espaço possui um acervo de mais de 15 mil exemplares para consulta.

No local, os alunos poderão participar de oficinas de desenho e roteiros de histórias em quadrinhos, teatro e rádio e terão a oportunidade de gravar áudios dos gibis que ficarão disponíveis para os jovens com deficiência visual. Fã de Mangá e Histórias em Quadrinhos, o aluno da 2ª série do Ensino Médio, João Pedro Costa, de 16 anos, elogiou a iniciativa.

– Sempre li muito gibi, principalmente as revistinhas da Turma da Mônica. Quando soube das aulas da Gibiteca logo me inscrevi. Participei de duas oficinas e gostei bastante do conteúdo e dos professores. Meu objetivo é aprender a desenhar e produzir histórias em quadrinhos – disse o jovem.

A Gibiteca leva o nome de um dos grandes nomes das histórias em quadrinhos, o desenhista Edmundo Rodrigues, criador do personagem “Jerônimo, o Herói do Sertão”, que fez sucesso na radionovela da Rádio Nacional, na década de 50. No acervo, há ainda itens raros, como a revista “Tico-Tico”, a primeira edição voltada ao público infanto-juvenil brasileiro, e os primeiros exemplares do “Popeye”, que chegaram ao Brasil também na década de 50.

O Colégio Estadual Infante Dom Henrique oferta, em tempo integral, o curso Técnico de Hotelaria e, neste ano, firmou parceria com a Fundação de Estudos do Mar (Femar) para realização do curso Técnico em Transporte Aquaviário.  

Tags: RJ Secretaria de Educação do Rio de Janeiro