NOTÍCIAS

Sergipe 13:32, 13 jan 2021 Escolas da rede estadual aceleram ritmo de preparação para o Enem

José Carlos de Sousa José Carlos de Sousa José Carlos de Sousa José Carlos de Sousa José Carlos de Sousa Abdias Bezerra Abidias Bezerra Entrega de kits no John Kennedy Entrega de kits no John Kennedy Entrega de kits no John Kennedy
Foto:

Entregas de kits, revisões, simulados e tira-dúvidas estão entre as atividades. Revisão final da rede inicia nesta quarta-feira, 13.

Faltando apenas quatro dias para a primeira etapa do Exame Nacional do Ensino Médio, que acontecerá no próximo domingo, 17, as escolas da rede estadual estão fazendo um trabalho intenso de preparação dos alunos, com aulas e revisões. Nessa primeira etapa, os estudantes farão provas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e Ciências Humanas e suas Tecnologias, além da redação, e o intuito das revisões é reforçar os conteúdos dessas áreas do conhecimento.

Na manhã desta quarta-feira, 13, uma turma de estudantes do Centro de Excelência Professor José Carlos de Sousa, em Aracaju, esteve na unidade de ensino para mais uma manhã de revisões, que, nessa reta final, estão sendo focadas em dicas para o Enem. Segundo a diretora da unidade escolar, Andréa Santos Ribeiro, os aulões acontecem às segundas, quartas e sextas-feiras, das 8h às 11h, e sempre antes de começar as aulas, é servido um café da manhã reforçado para os estudantes. Na unidade de ensino, dos 60 alunos matriculados no 3º ano do Ensino Médio, 59 estão inscritos no Enem.

“Planejamos esses aulões com o objetivo de serem um reforço a mais para o nosso aluno que, por conta da pandemia, teve um ano bastante diferente. A gente vê que eles estão mais otimistas. Nós também tivemos condições de dar um suporte maior, e com isso vem a questão da perseverança, do otimismo, autoestima, no sentido de saberem que são capazes de entrar em uma universidade. Essas revisões são um toque final, e nós vemos que os alunos estão bastante confiantes”, declarou.

Alunos preparados

Essa confiança toda foi expressada pela aluna Maria Eduarda da Conceição Moura, que pretende cursar Medicina. “Essas revisões intensificam o que a gente já estudou ao longo do ano e ajudam, de uma forma geral, a relembrar os assuntos. Estou me sentindo bastante preparada”, disse.

A professora de Filosofia, Elaine Tavares dos Santos Santana, destacou que os estudantes merecem parabéns por estarem perseverando, mesmo diante das adversidades. “Esses aulões são uma injeção de ânimo e autoestima para eles. É importante a escola ter esse papel, sobretudo neste momento. O fato de eles virem para a escola, com toda a segurança, já é o movimento que eles fazem em direção ao que eles querem. As revisões estão mais focadas em dicas e questões mais recorrentes nas provas do Enem”, afirmou.

A estudante Dkaisyan Scarlet Lima Pereira está em dúvida para qual curso pretende fazer o Enem, mas disse que inicialmente pensa em fazer Administração. Ela não poupou elogios ao trabalho de aceleração do ritmo de preparação para o Enem. “Essas revisões estão sendo muito boas. Eu estava realmente precisando disso. Estava sendo muito difícil estudar em casa, então essa oportunidade está sendo maravilhosa. Os professores estão focando as dicas mais importantes para a gente”, disse.

Jackson Alves dos Santos Júnior, que fará as provas pensando no curso de Tecnologia da Informação, também expressou sua opinião. “Essas aulas são uma oportunidade para melhorar os meus conhecimentos e aprender mais um pouco. Já me preparo bastante em casa, mas está sendo bom para ter uma força extra”, declarou.

Outras atividades

Em outras unidades de ensino da rede estadual o trabalho não para. No Colégio Estadual John Kennedy, em Aracaju, a direção da escola preprarou kits, a fim de serem entregues aos mais de 50 estudantes que farão o Enem. No Centro de Excelência Cleonice Soares da Fonseca, em Boquim, as revisões finais tiveram início na terça-feira, 12, e vão até sexta-feira, 15. De acordo com a diretora, Sara Carolina dos Santos Ferreira, 100% dos alunos do 3º ano do Ensino Médio Integral e Ensino Médio Integrado farão o Enem. Ela destaca ainda que muitos professores da unidade de ensino já fizeram parte do Curso Pré-Universitário da Seduc.

“Como tivemos bons resultados nas edições anteriores do Enem, toda a equipe abraça esse trabalho de preparação. A pandemia foi um grande desafio para todos, mas a escola também está trabalhando a questão socioemocional dos alunos. Já tivemos a presença de um psicólogo, e amanhã teremos uma personal trainer, para trabalhar com os alunos a questão da respiração e alongamento durante as provas”, explicou.

As revisões também acontecem no Colégio Estadual Dom Juvêncio de Brito (Canindé do São Francisco), Colégio Estadual Abdias Bezerra (Ribeirópolis), também no João XXIII e outras unidades de ensino da rede estadual.


Tags: Sergipe SE ENEM