NOTÍCIAS

Sergipe 15:20, 31 mar 2020 Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral conectam alunos com atividades pedagógicas

Foto:

As unidades de ensino têm se valido da tecnologia para manter o contato direto com os estudantes e enviar a eles materiais para estudos, dando continuidade ao processo de ensino-aprendizagem

Nesse período em que as aulas estão temporariamente suspensas, por conta da pandemia do Covid-19, os alunos das escolas de Ensino Médio em Tempo Integral estão tendo todo o suporte dos professores e equipes diretivas para continuarem mantendo os estudos em dia, mesmo estando em casa.

As unidades de ensino têm se valido da tecnologia para manter o contato direto com os estudantes e enviar a eles materiais para estudos, dando continuidade ao processo de ensino-aprendizagem.

A coordenadora pedagógica do Núcleo Gestor de Educação em Tempo Integral (Ngeti), Sarah Karenine, destacou a importância desse movimento que as unidades de ensino fazem para dar suporte aos alunos. "A gente não pode se furtar de proporcionar ao estudante o acesso aos diversos tipos de materiais. Os professores criaram salas de aula virtuais, disponibilizando materiais, guias de aprendizagem, passando atividades, gravando vídeo-aulas, fazendo lives. Está tudo muito bem organizado e estamos impressionados com a proatividade dos professores dando apoio aos alunos nesse momento", declarou.

No Centro de Excelência Leandro Maciel, em Rosário do Catete, os professores criaram uma maneira de manter os alunos com atividades e estudos durante o dia. O coordenador pedagógico Tadeu Antônio Silva Sales explica que foram criados grupos de whatsapp para cada turma, através dos quais os professores enviam apostilas, roteiros de estudos e orientações de como fazer as atividades.

Os grupos são abertos às 9h da manhã, quando os professores postam as atividades propostas. Pela tarde, eles conversam com os alunos e verificam as dúvidas dos estudantes.

A ação não se limitou ao Ensino Médio em Tempo Integral e foi estendida para todas as modalidades ofertadas pela escola, como o Ensino Fundamental e Educação de Jovens e Adultos.

"A gente passa a olhar o aluno de maneira solidária. A gente faz com que ele se organize mais, que adote essa rotina em casa, cuidando da saúde e também dos estudos. Através dessa rotina os estudantes desenvolvem também a autonomia e a pontualidade", disse Tadeu Sales.

Ele explicou ainda que, após o período da quarentena, ao retornarem às aulas, os alunos passarão por uma avaliação diagnóstica, também levando em consideração aqueles estudantes que não puderam ter acesso às atividades nos grupos de whatsapp.

No Centro de Excelência Coronel José Joaquim Barbosa, em Siriri, a ferramenta utilizada é o Google Classroom. Foram divididas salas temáticas através da ferramenta tecnológica e, todas os dias, um professor envia a cada turma do Ensino Médio algumas atividades, textos e até vídeoaulas. "As datas do Enem não foram alteradas, então é importante que os alunos não fiquem parados. Eles precisam estar em atividade e os professores estão auxiliando nisso. Esse está sendo um trabalho excelente e estamos tendo uma resposta muito boa dos alunos", disse o coordenador pedagógico Givanilton Brito.

Jovens Protagonistas

No Centro de Excelência Nelson Mandela, em Aracaju, cinco alunos Jovens Protagonistas do 3 ano tomaram a iniciativa de auxiliar no processo de ensino-aprendizagem dos demais colegas do Ensino Médio. Eles criaram a conta do Instagram (jovens_protagonistas) e, todas as tardes, a partir das 15h30, ministram aulas sobre conteúdos do Enem. A ação conta com o apoio dos professores, que também contribuem com conteúdos.

A coordenadora Inácia Maria Rodrigues do Nascimento destaca que essa iniciativa evidencia a importância do compartilhar o conhecimento com todos. "Tenho certeza que todos nós sairemos vitoriosos dessa quarentena, porque estamos afastados de corpo, mas não de presença" disse.

Uma das cinco Jovens Protagonistas é Katielly Aluna Mandela, aluna do 3 B. "Devido à suspensão das aulas, eu lancei a proposta de fazermos revisões por meio de lives. Durante a quarentena, precisamos continuar estudando, pois iremos fazer o Enem. Alguns colegas e eu começamos a debater sobre esse projeto e decidimos que cada um revisaria a matéria que mais se identifica", explicou.

São cinco alunos do 3° ano que estão ministrando as aulas de Matemática, História, Português Redação e Sociologia. A primeira revisão iniciou na última segunda-feira, 30, pela tarde, mas outras serão transmitidas à noite, às 20h, pelo Instagram (@jovens_protagonistas_).

Ferramentas tecnológicas

O Centro de Excelência Atheneu Sergipense, unidade que oferta o ensino médio em tempo integral, em Aracaju, utiliza diversas ferramentas tecnológicas para atender aos cerca de 961 alunos que estão em casa. Podcasts, Google for Education, além dos grupos de WhatsApp são algumas das ferramentas utilizadas pelos professores e corpo diretivo da unidade após a suspensão das aulas, devido aos efeitos de enfrentamento ao coronavírus (Covid-19).

De acordo com o gestor do Atheneu, professor Daniel Lemos, as medidas adotadas sempre fizeram parte do cotidiano escolar, mas agora elas acontecem de uma forma mais ativa por conta da suspensão das aulas. Ele explica que apesar dos desafios, a gestão da escola, que recebe todo o apoio estratégico da Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Seduc), no que diz respeito ao pedagógico e ao administrativo, tem trabalhado incansavelmente para que o aluno possa ter acesso ao conhecimento, mesmo nesse momento de crise por que passa o país.

Por meio do aplicativo Whatsapp, os professores compartilham diariamente o conteúdo, avisos e material de reforço. Além de mensagens de texto, os usuários podem enviar imagens, vídeos e documentos em PDF.

Já no Google for Education, que reúne um conjunto de ferramentas desenvolvido para que professores e alunos aprendam e inovem juntos, o corpo docente utiliza o Glassroom, que permite o gerenciamento das atividades que são atribuídas aos estudantes. Com ele, os professores podem criar turmas, distribuir tarefas, dar notas, enviar feedbacks e ver tudo em um único lugar.

O Podcast também é uma novidade nas ações do Centro de Excelência Atheneu Sergipense. Com a Rádio Atheneu, a comunidade escolar poderá dirimir dúvidas de todas as vertentes acadêmicas, bem como informações sobre a escola e assuntos de conhecimento geral.

Durante o primeiro bate-papo, foi discutido o uso de tecnologia no processo de ensino-aprendizagem em tempos de isolamento social e o papel central da tutoria nesse momento. Confira o Podcast ´Rádio Atheneu´ -

https://open.spotify.com/episode/5N0kzzOL30gmr5jXzJsVG9?si=k4FwCu_WSI6C1GVt-ngA3w


Tags: Sergipe SE