NOTÍCIAS

Alagoas 09:25, 19 jul 2021 Escolas estaduais fazem simulação para retorno seguro às aulas presenciais

Escolas estaduais fazem simulação para retorno seguro às aulas presenciais

Higienização, distanciamento social e uso de máscaras serão corriqueiros nessa nova realidade

Com o anúncio de que as escolas da rede estadual poderiam voltar às atividades presenciais no dia 16 de agosto, o Governo de Alagoas, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), tem tomado todas as medidas necessárias para garantir uma retomada segura para toda a comunidade escolar: além do repasse de R$ 40 milhões do programa Rumo às Aulas, para que as escolas adequem sua estrutura física, a Seduc enviou para cada escola um protocolo com orientações para a retomada segura das aulas. 

O documento, disponível neste link, traz orientações de segurança sanitária, nutricional e alimentar, delimitação de espaços e o quantitativo de pessoas permitido em um espaço fechado. Higienização constante, uso de máscaras e distanciamento social são algumas das recomendações para essa nova realidade. Cada unidade de ensino também vai elaborar um plano de retorno que consta de três etapas: preparação da equipe, reestruturação da nova rotina no ambiente escolar e monitoramento de todos os espaços.

sinalizacaoescolas.jonathanlins 2 1

As unidades da rede estadual já se preparam para o novo momento fazendo simulações de como será o retorno das atividades presenciais de acordo com as orientações dos protocolos sanitários. Uma delas é a Escola Estadual Moreira e Silva, no Cepa, que nesta sexta-feira (16) reuniu a comunidade escolar para simular como será o dia a dia da escola neste novo protocolo.

“Estamos muito felizes e animados com o retorno dos nossos alunos pois eles são vida para a escola. Com o programa Rumo às Aulas nós podemos adequar a escola como ela precisa, com reparos, manutenção predial e recursos pedagógicos. Nosso sentimento é de satisfação com a retomada, além da ansiedade de viver esse novo momento," pontuou a diretora geral da unidade, Joseane Martins.

Mudança de hábitos 

As escolas também deverão fazer um amplo trabalho de divulgação junto a sua comunidade escolar acerca dessa nova rotina, seja por meio de material impresso ou de suas redes sociais.  Na entrada da escola, por exemplo, funcionários orientarão acerca da higienização das mãos, uso obrigatório da máscara no ambiente escolar (retiradas apenas no momento que forem servidas as refeições), aferição de temperatura e organização de filas com distanciamento de 1,5 m entre as pessoas. Também será necessário organizar os assentos em sala de aula com um distanciamento de 360 graus entre os conjuntos de bancas e criação de horários diferenciados, para evitar a aglomeração dos alunos no início e término das aulas. 

WhatsApp Image 2021-07-16 at 15.38.57.jpeg

A nova realidade demandará dos estudantes também uma mudança de hábitos: não será mais permitido beber água direto do bebedouro (o aluno terá que levar seu próprio copo) ou compartilhar objetos pessoais (lápis, borrachas, cadernos), o uso de máscara será obrigatório e o distanciamento social em relação ao professor e demais colegas precisará ser respeitado. 

“A preparação de um retorno às atividades presenciais com a máxima segurança para toda a comunidade escolar tem sido agenda prioritária, determinada pelo governador Renan Filho. Estamos estruturando as nossas unidades de ensino, por meio do programa Rumo às Aulas, que descentraliza de forma inovadora R$40 milhões em recursos do estado e coloca dinheiro direto na conta dos conselhos para uso imediato em adequações necessárias. A Educação é uma das grandes vítimas ocultas dessa pandemia e é nossa responsabilidade trabalhar, unindo esforços de todas as partes, para trazer e manter nossas crianças e jovens dentro da sala de aula com segurança e com alto grau de ensino-aprendizagem”, pontua o secretário da Educação, Rafael Brito.

Consulta 

Enquanto as atividades presenciais não recomeçam, as escolas promovem a escuta com os pais de alunos para saber se os mesmos desejam que seus filhos retornem às aulas no formato híbrido ou se preferem que permaneçam no sistema remoto.

De acordo com portaria publicada no início do mês, o retorno será no formato híbrido – com a alternância de atividades presenciais e não presenciais – e presença, inicialmente, de 50% dos estudantes devidamente matriculados em cada turma.


Tags: Alagoas AL Volta às aulas Simulaçao