NOTÍCIAS

Sergipe 12:50, 30 ago 2021 Escolas profissionalizantes da rede estadual retomam as aulas presenciais

Foto:

São 15 escolas no Estado que compõem a rede de escolas profissionalizantes

As 15 unidades escolares da rede estadual espalhadas por todo o estado que ofertam a modalidade de ensino profissionalizante estão retomando as aulas presenciais nesta segunda-feira, 30. Após mais de um ano apenas com aulas online, por conta da pandemia do novo coronavírus, os alunos agora têm a oportunidade de encontrar-se presencialmente com os colegas e professores. O retorno é no modelo híbrido, alternando entre o presencial e o online, obedecendo a todos os protocolos de distanciamento físico e biossegurança.

São cursos em diversas áreas que preparam os alunos para o ingresso no mercado de trabalho, dando-lhes a oportunidade de desenvolverem-se profissionalmente. Nutrição, automação industrial, agente comunitário em saúde, música, informática para internet, hospedagem, restaurante e bar, redes de computadores e condomínio são apenas alguns entre os diversos cursos ofertados pelo Estado.

A coordenadora pedagógica do Serviço de Educação Profissional da Secretaria de Estado da Educação, do Esporte e da Cultura (Sepro/Seduc), Daniele de Melo Andrade, destacou que os alunos das turmas integradas e subsequentes já estavam aguardando ansiosamente por esse retorno. “A expectativa é muito grande para esses estudantes, e as escolas tiveram toda a preparação, estão com tudo pronto. Tivemos uma conversa com toda a equipe gestora sobre o acompanhamento dos alunos, o processo pedagógico, para que tenham um olhar diferenciado com esses estudantes, a fim de que eles aproveitem esse retorno e concluam os cursos com êxito”, disse.

No Instituto de Educação Rui Barbosa (IERB), em Aracaju, na manhã desta segunda-feira, os alunos foram recepcionados com música logo na entrada. No período matutino, as duas turmas do curso técnico de Nutrição e Dietética compareceram em peso nesse primeiro dia de aula presencial. Pela tarde e pela noite, a escola oferta os cursos de Nutrição e Dietética e Secretaria Escolar, num total de cerca de 460 alunos.

De acordo com a coordenadora Cléssia Regina do Couto Resende, a unidade de ensino está bem equipada para o retorno presencial. Ela explicou que a Seduc fez um investimento financeiro importante para que a gestão pudesse adquirir equipamentos de proteção Individual. A escola também se preocupou com a comunicação visual, colocando painéis com informações sobre os protocolos de biossegurança. Além disso, a comunicação com os alunos também está sendo trabalhada, os quais são orientados por meio dos grupos de Whatsapp. Ela explica também que o retorno é híbrido, e os alunos irão alternar entre aulas presenciais em uma semana e aulas online na outra semana.

“Esse retorno é maravilhoso. A escola só existe com os alunos, sobretudo presencialmente. Nós percebemos que os nossos estudantes estavam sentindo muita falta da escola. Por mais que nós tenhamos excelentes professores, que nossos alunos tenham aulas online, nada se compara ao contato presencial. E os nossos alunos entraram muito em contato com nossa equipe diretiva questionando quando iríamos retornar e dizendo que estavam sentindo muita falta da escola”, afirmou.

Para equipar e preparar a escola para o retorno presencial dos alunos, a equipe diretiva utilizou recursos do Programa de Transferência de Recursos Financeiros Diretamente às Escolas Públicas Estaduais (Profin). De acordo com a diretora Suely Castro de Menezes, foram investidos R$10.470,00 da primeira parcela do Profin Pandemia, e mais de R$ 24 mil da parcela complementar. A verba foi utilizada na compra de álcool em gel, tapetes sanitizantes, medidores de temperatura, entre outros equipamentos de proteção individual necessários para proteger alunos, professores e funcionários da contaminação por covid-19.

“Nós preparamos a escola com muito carinho. No sábado passado ainda estávamos aqui acertando todos os detalhes para não faltar nada. Nós passamos bastante tempo sem ter o contato presencial com os alunos. Agora estamos muito felizes e emocionados”, disse.

Alunos comemoram

Alunos e professores comemoraram o retorno das aulas presenciais. Foi o caso de José Crislanio, que está no segundo módulo do Curso Técnico de Nutrição e Dietética. “Nós ficamos muito tempo estudando online, e nesse tempo, nossos estudos ficaram apenas na teoria. Retornar presencialmente vai ser muito importante, principalmente para as nossas aulas práticas. A escola está bem estruturada, desde a recepção, onde aferiram a nossa temperatura, até os banheiros, que estão bem limpos, além da disponibilização de álcool em gel em toda a escola”, declarou.

Quem também gostou foi a aluna novata Lucineide Sousa Nunes, que está no primeiro módulo de Nutrição de Dietética. “Estou muito empolgada com esse curso porque é uma oportunidade que o governo do Estado está me dando para que eu possa incrementar os meus conhecimentos e ter a participação no mercado de trabalho. Já faz um tempo que terminei o ensino médio, e agora apareceu esta oportunidade. A expectativa é crescer profissionalmente, ajudar minha família e obter muito aprendizado nessa área de que gosto tanto”, afirmou.

A professora Denise Andrade Silva destacou que as aulas presenciais vão melhorar o aprendizado. “A gente sabe que muitos alunos não têm acesso ao conteúdo online, e nesse contato presencial tenho visto que eles estão sempre presentes para tirar as dúvidas. É importante para podermos melhorar ainda mais o aprendizado. Isso vai facilitar bastante”, disse.


Tags: Educação Profissional Sergipe SE