NOTÍCIAS

Bahia 15:39, 20 set 2019 Estudantes realizam festival de Cultura e Arte com o tema 'Salvador ponto a ponto'

Estudantes realizam festival de Cultura e Arte com o tema 'Salvador ponto a ponto'

Farol de Itapuã, Rio Vermelho, Pelourinho, Mercado Modelo e outros pontos turísticos de Salvador, assim como manifestações e símbolos culturais dessas localidades turísticas, a exemplo do Grupo Ganhadeiras de Itapuã, serviram de inspiração para os projetos artísticos dos estudantes do Colégio Estadual Carlos Marighella, situado no bairro do STIEP, em Salvador, apresentado no 7º Festival de Cultura e Arte da unidade escolar. O evento, que aconteceu nesta quinta-feira (19), no Teatro da Universidade Estadual da Bahia (UNEB), no Cabula, foi construído a partir dos trabalhos realizados nas disciplinas de Língua Portuguesa, Educação Física e Redação, sob o tema geral “Salvador ponto a ponto”.

A partir de peculiaridades e tradições de pontos turísticos da capital baiana, os alunos desenvolveram performances de dança e teatro. A professora de Educação Física da unidade, Suzana Farias Batista Caldas, falou do empenho e da dedicação dos estudantes nos festivais. “Nossa escola entende que a arte é um instrumento que ajuda o ser humano a se encontrar, a se formar, a se compreender. Buscamos fazer os nossos alunos trabalharem com a sensibilidade, o lúdico. Os estudantes se envolvem intensamente e dão um retorno maravilhoso. É muito gratificante”, destacou a educadora.

A estudantes Dalila Santos de Oliveira, 16 anos, 1º ano do Ensino Médio, que também é dançarina da Fundação Cultural do Estado da Bahia, falou da emoção de participar da peça que faz referências a Ganhadeiras de Itapuã. “Estar envolvida neste projeto na minha escola é muito importante, porque esse grupo tradicional da cultura baiana tem toda uma história, uma riqueza de tradições, é bom a gente conhecer. Aqui, na nossa escola, existem vários talentos e são momentos como estes, do festival, que estes talentos são reconhecidos e revelados”, pontou.

Já o aluno Luís Felipe Moreira Caldas, 16, 9º ano do Ensino Fundamental II, falou da emoção de estar envolvido na atividade. “É maravilhoso, estou me sentindo privilegiado de estar aqui. Amo dançar e quando nossa escola se propõe a trazer o festival destacando a riqueza das tradições da nossa cidade nos estimula a criarmos um espetáculo lindo para os nossos pais e colegas assistirem”, declarou.

Moacir Carneiro, pai das alunas Laís Carneiro, do 8º ano, e Luna Carneiro, do 1º ano do Ensino Médio, foi prestigiar a apresentação das filhas e comentou sobre o festival. “Eventos como este promovem o desenvolvimento do aprendizado de nossos filhos. É importante também o papel da escola no ensinamento da cultura e das tradições de nosso Estado e da nossa cidade, que tem um conteúdo de artes muito rico. Muito legal o colégio incentivar essas atividades culturais”. 


Tags: Bahia BA Portal da Educação Cultura Arte