NOTÍCIAS

Novos servidores 12:39, 19 out 2015 Governo de SP nomeia mais de 6 mil servidores para reforçar o ensino

A2img / Gilberto Marques A2img / Bruno Santos A2img / Bruno Santos
Foto:

Entre os servidores, estão 5.187 docentes que atuarão em escolas do 1º ao 5º ano do Fundamental

O governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, assinou na última quarta-feira (14), a nomeação de 6.424 novos servidores que atuarão nas escolas da rede estadual paulista. Entre os profissionais que serão contratados pela Educação, estão os novos 5.187 professores aprovados em concurso para atuação nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental – 1º ao 5º ano. Por meio da nomeação, também serão contratados 965 agentes de organização escolar aprovados em concurso de 2012, 225 oficiais administrativos e 47 executivos públicos.

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e noFacebook

Os professores de educação básica I, que atuam nos Anos Iniciais do Ensino Fundamental e trabalham 30 horas semanais, recebem salários de R$ 1.565,19. Os novos profissionais ministrarão aulas para alunos de 6 a 10 anos e serão capacitados para utilizar o currículo da rede estadual de ensino, que contempla os programas Ler e Escrever e Ensino de Matemática para os Anos Iniciais (EMAI).

O salário inicial dos agentes de organização escolar, para uma jornada de 40 horas, é R$ 971,78. Entre suas funções, estão controlar a movimentação dos estudantes nas dependências da escola, auxiliar a manutenção da disciplina geral e contribuir com a gestão escolar na organização de atividades.

Os executivos públicos, contemplados com a nova chamada, desenvolvem atividades de assistência e assessoria em unidades técnicas, apoiados pelos oficiais administrativos. Os salários desses profissionais são de R$ 3.626,23 e R$ 1.118,00, respectivamente, para jornadas de 40 horas.

As informações sobre as nomeações e instruções para os profissionais devem ser publicadas no Diário Oficial do Estado.


Tags: São Paulo Professores SP Governo Novos servidores