NOTÍCIAS

ensino remoto 11:23, 2 fev 2021 Governo do Acre dará continuidade ao Programa Escola em Casa em 2021

Governo do Acre dará continuidade ao Programa Escola em Casa em 2021

Programa foi lançado no ano passado pela Secretaria de Educação (SEE/AC) em meio a pandemia e para garantir o ano letivo para mais de 150 mil estudantes.

Por Stalin Melo 

Assessoria de Comunicação SEE/AC


Dezessete de março de 2020. Exatamente nessa data, o governo do Acre decretava a suspensão das atividades nos órgãos públicos, principalmente nas escolas, cujo ano letivo havia iniciado no dia 10 de fevereiro. Era a pandemia que começava a fazer suas vítimas, inclusive no Acre.

Mas o governo não ficou parado. A Secretaria de Educação, Cultura e Esportes (SEE), por meio da Diretoria de Ensino, logo procurou meios para que se continuasse com o ano letivo. E foi assim que surgiu a ideia criar um programa para que os alunos, remotamente, pudessem continuar estudando e aprendendo.

As primeiras videoaulas começaram a ser gravadas no mês de abril Foto: Arquivo Secom


Assim, foi criado na SEE o Departamento de Mídias Digitais, cuja finalidade maior era contribuir com a gravação de vídeos e audioaulas que seriam, posteriormente, retransmitidas aos estudantes, inclusive nos recantos mais remotos do estado. Nascia o programa Escola em Casa.

As gravações se iniciaram logo no mês de abril, e no dia 22 de junho o primeiro programa ia ao ar pela AmazonSat, filiada à Rede Amazônica de Televisão. Disponível em 18 municípios acreanos, a emissora pode ser acessada, em Rio Branco, pelo canal 31.1.

Governo garantiu o ano letivo por meio do programa Escola em Casa. Foto: Arquivo Secom


Logo, professores se transformaram em apresentadores de sucesso e talentos eram descobertos na medida em que as videoaulas iam sendo gravadas. Da mesma forma, no rádio era possível ouvir as transmissões, sempre feitas pela Aldeia FM e Difusora Acreana, ambas pertencentes ao sistema público de comunicação.

Há muitos motivos para comemorar o sucesso do programa no ano passado. Para o chefe do Departamento de Mídias Digitais, Rarismar Bezerra, o programa é de “sucesso total”. Ele afirma: “Superou as nossas expectativas e conseguimos alcançar o principal objetivo, que era chegar até os alunos”.


Videoaulas

Até dezembro do ano passado, 3.058 aulas haviam sido transmitidas pela AmazonSat. Com as aulas de revisão durante todo o mês de janeiro, já se somam 3.498 transmissões.

Videoaulas revelou talentos entre os professores. Foto: Arquivo Secom


“Agora no mês de fevereiro vamos voltar com as aulas inéditas para a conclusão do ano letivo de 2020, inclusive com novas aulas, que estão sendo gravadas”, informou Rarismar.

Na TV, as videoaulas podem ser acessadas diariamente das 8 às 11h e das 14 às 16h30. “Lembramos que, em Rio Branco, o canal da AmazonSat é o 31.1 e muda de acordo com o município onde reside o aluno”, informou.


Audioaulas

Audioaulas foram retransmitidas pela Aldeia FM e pela Difusora, ambas do sistema público de comunicação. Foto: Arquivo Secom


Em relação às audioaulas, a primeira etapa foi encerrada no dia 31 de janeiro. Mas, de acordo com Bezerra, as gravações devem retornar em breve. Ao todo, foram 3.316 exibições, totalizando 960 horas-aula. “Mais de cem professores do quadro foram envolvidos nas gravações”, explica.

Na Aldeia FM, as audioaulas eram transmitidas três vezes por dia. Pela manhã, das 8 às 10h; à tarde, das 14 às 16h; e à noite, das 18 às 20h. Já na Difusora, eram retransmitidas das 7 às 9h, pela manhã; à tarde, das 14 às 16h; e à noite, das 19 às 21h.


Cruzeiro do Sul

Em Cruzeiro do Sul, as audioaulas continuam sendo retransmitidas pela Rádio Verdes Florestas. Foto: Divulgação.


Apesar de a primeira etapa das audioaulas ter sido concluída no fim de janeiro em diversos municípios, em Cruzeiro do Sul continuam sendo retransmitidas aos estudantes do ensino médio por meio de uma importante parceria com a Diocese pela Rádio Verdes Florestas.


Primeiro do Norte

Entre os vários motivos que a educação acreana tem para comemorar, está o fato de que o Estado foi o primeiro a lançar um programa no rádio e na TV para que os estudantes pudessem acompanhar remotamente as aulas e continuar o processo de ensino-aprendizagem.

O modelo acreano deu tão certo que os governos do Amazonas, do Pará e do Amapá passaram a retransmitir as aulas que haviam sido gravadas pelos professores acreanos.


Tags: AC Videoaulas ensino remoto Escola em Casa Audioaulas