NOTÍCIAS

Pernambuco 16:48, 25 abr 2018 III Conferência Estadual de Educação de Pernambuco reúne setores da sociedade para discutir Plano Nacional de Educação

Foto:

Na ocasião, aconteceu também a abertura da I Conferência Estadual Popular de Educação de Pernambuco. A programação das conferências segue até esta quinta-feira (26)

Na manhã desta quarta-feira (25), o secretário de Educação do Estado, Fred Amancio, junto com representantes de sindicatos, empresas privadas, movimentos sociais, sociedade civil e gestores governamentais, participou da cerimônia de abertura da III Conferência Estadual de Educação de Pernambuco (CONEPE). O encontro que acontece no auditório Tabocas, no Centro de Convenções de Pernambuco (CECON), em Olinda, traz este ano ao debate o tema principal Implementar os Planos de Educação, é defender uma educação pública de qualidade social, gratuita, laica e emancipadora. Na ocasião, aconteceu também a abertura da I Conferência Estadual Popular de Educação de Pernambuco (CONEPEPE). As conferências seguem com programação até está quinta-feira (26).

A ação promovida pelo Fórum Nacional Popular de Educação com o apoio do Fórum Estadual de Educação de Pernambuco, Secretaria Estadual de Educação, Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e União dos Dirigentes Municipais de Educação (UNDIME-PE) tem o propósito de mobilizar a sociedade pernambucana, de modo geral, para intensificar o monitoramento e avaliação do cumprimento dos Planos de Educação, de forma que fiscalizem o corpo da lei, suas metas e estratégias. Além disso, tem o intuito também de propor políticas e ações que indiquem responsabilidades, atribuições concorrentes, complementares e colaborativas entre os entes federativos e os sistemas de educação. 

Durante a programação, estarão sendo realizados debates intrínsecos como mesas-redondas com oito eixos em discussão que abrangem as vinte metas do Plano Nacional de Educação e do Plano Estadual de Educação, que determinam diretrizes, metas e estratégias para a política educacional dos próximos dez anos. Além disso, serão discutidos os avanços do ensino e os desafios para as políticas públicas educacionais. 

“Nós vamos tratar nesses dois dias de conferência do Plano Nacional de Educação quais são as medidas que podemos propor como mudanças e quais são as alterações que podemos oferecer para elas. Então, o que ainda pode ser feito é tentar correr atrás do tempo perdido. É nesse ambiente que damos início ao nosso seminário tentando que sigamos todos na construção de uma educação pública gratuita e de qualidade”, expõe a presidente do Fórum Estadual de Educação, Maria Ângela.

Ainda seguindo a programação, os convidados discutiram em todas as etapas ideias para buscar a qualidade do debate, garantindo o processo democrático, a pluralidade e a representatividade dos segmentos sociais, numa visão ampla e sistêmica de educação. Portanto, ao final da conferência, após todos os objetivos alcançados, haverá a obtenção de um relatório final que possa contribuir para a formulação das ações subsequentes de acordo com os eixos temáticos discutidos durante o encontro estadual. 

Tendo em vista que Pernambuco foi um dos únicos estados do Brasil que teve a oportunidade de ter o fórum, o secretário de Educação do Estado, Fred Amancio, diz que a oportunidade de participar dessa conferência possibilita não só a discussão e o diálogo que vai acontecer nesses dois dias de debate, mas principalmente, nas salas de aula. “Um evento como esse é de grande relevância porque possibilita, através de muito debate, de muito diálogo, que são palavras importantes no momento em que a gente vive, ter a oportunidade de exercitar algo que é tão importante na construção de políticas públicas e que é tão importante na educação, que é o diálogo”, pondera. 

Em outro momento, Amancio ressaltou a importância de outorgar o diálogo com diversos setores da sociedade para que se tenha uma educação de qualidade. “Felizmente, aqui no nosso estado a gente tem buscado construir a educação sempre em cima desse diálogo muito amplo, sempre aberto e bastante franco para que possamos avançar cada vez mais na qualidade da educação de Pernambuco”, finaliza. 


Tags: Educação Pernambuco PE Plano Estadual de Educação Plano Nacional de Educação Educação PE Educação Pernambuco