NOTÍCIAS

Pernambuco 16:39, 25 jun 2020 LIVE: Fred Amancio conversa sobre novo cenário da educação básica pós-pandemia

LIVE: Fred Amancio conversa sobre novo cenário da educação básica pós-pandemia

Debate promovido pela ONG Todos pela Educação focou na discussão sobre o ensino remoto, desafios pedagógicos e plano de retomada às aulas presenciais

O secretário de Educação e Esportes de Pernambuco, Fred Amancio, participou, na última terça-feira (23), da live promovida pela ONG Todos pela Educação, no Youtube. O bate-papo girou em torno do tema "A educação básica no novo cenário: adaptação e transformação" e foi mediado pelo professor Olavo Nogueira. Além de Amancio, o encontro contou também com a participação da secretária estadual de Educação de Minas Gerais, Julia Sant'Anna e o secretário municipal de Educação de Salvador, Bruno Barral. 

Na ocasião, os gestores discutiram sobre o ensino remoto, os desafios e resultados colhidos pelas Secretarias, volta às aulas com foco na área sanitária e os desafios educacionais pedagógicos. Fred Amancio destacou, na oportunidade, a importância da continuação do processo de ensino-aprendizagem durante o período de isolamento social e a importância dos estudantes manterem o vínculo com a escola. "Nós temos a missão de não criar um sentimento de abandono nesse momento que pode, além dos efeitos psicológicos envolvidos na pandemia, trazer como consequência algo que já é um desafio para o país, que é o caso do abandono escolar e da evasão", considerou Amancio.

Vale ressaltar que as aulas em Pernambuco estão suspensas desde o dia 18 de março por causa da pandemia provocada pelo novo Coronavírus. Nesse período, a Secretaria de Educação e Esportes do Estado criou mecanismos para que os estudantes da Rede Estadual não ficassem sem os conteúdos educacionais. Para ter acesso às aulas, os alunos tiveram a oportunidade de acessar gratuitamente a plataforma Educa-PE, lançado em 6 de abril, que disponibiliza materiais e transmite aulas ao vivo pela internet (YouTube e Facebook) e pela TV aberta, por meio de quatro emissoras parceiras (TV Pernambuco (TVPE), TV Alepe, TV Nova, TV Universitária) alcançando cerca de 80% dos alunos. Na internet, o conteúdo fica disponível para ser acessado a qualquer hora para revisão.

O Educa-PE é uma iniciativa que, em conjunto com outras ações pedagógicas, soma-se aos esforços de outras organizações para seguir apoiando os estudantes. O conteúdo é transmitido ao vivo na TV e na internet para o Ensino Médio e para o 9º ano do Ensino Fundamental, de segunda a sexta-feira, e conta também com reprises em horários alternativos. Para os estudantes do 6º ao 8º ano do Ensino Fundamental, as aulas são gravadas e disponibilizadas na internet todas as manhãs. 

"Nós desenhamos o processo para fazer a oferta pela internet, mas já na primeira semana de abril disponibilizamos também na TV aberta. Aqui no estado nós lançamos a plataforma antes do que todas as escolas particulares do Recife. Então, ficamos muito felizes em ter dado essa resposta tão rápida e poder dar acesso não só pela internet, mas também pela TV", salientou Amancio.

Além disso, a Secretaria disponibilizou o Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), que é uma plataforma que concentra recursos educacionais digitais alinhados ao Currículo de Pernambuco e integrado a plataforma de aulas Educa-PE. A iniciativa reúne ainda os materiais de apoio pedagógico e as videoaulas veiculadas em canais de TV aberta e internet através do YouTube. A plataforma conta ainda com recursos extras para a preparação das aulas, atividades reflexivas e desafios temáticos. 

"A gente entende que isso é indispensável para a continuidade do momento, mas não é uma substituição. Nós sabemos a importância da retomada e a gente também entende que a retomada tem um papel importante para realizarmos uma avaliação e um diagnóstico das aprendizagens e fazer uma programação de complementação desses conteúdos com reposição de aulas e reforço escolar para aqueles estudantes com dificuldades", acrescentou.

Embora não haja data determinada para voltas às aulas presenciais, é importante destacar que a Secretaria de Educação e Esportes de Pernambuco e a Secretaria Estadual de Saúde estão trabalhando na criação de um plano de retomada dessas atividades. O plano consiste em três etapas, que está em fase de construção, e envolve a parte de saúde, que abrange o distanciamento social, higiene, monitoramento e comunicação e uso de máscara; Orientações Pedagógicas: acolhimento, planejamento das atividades para professores, estudantes e familiares, avaliação pedagógica, reposição de aula e reforço escolar; e o Plano de Retomada, a começar pelas turmas finais de cada etapa escolar, limitação do número de estudantes, rodízio de turmas e ensino híbrido, que combine as atividades presenciais e que possam ser complementadas por aulas não presenciais.

"Nós estamos preocupados e atentos ao processo de retomada às aulas presenciais. Quem vai estabelecer quais são as diretrizes e as orientações é a área da saúde. Nós estabelecemos as peculiaridades que existe no dia a dia das escolas, mas a decisão final é sempre da área da saúde", observou Amancio.

"A gente verifica que já somos um país que temos uma série de desafios na área da educação e com grandes desigualdades sociais e educacionais. E este período de pandemia acentua ainda mais essas desigualdades. Então, é aí que a gente percebe o grande desafio de trabalharmos fortemente no planejamento para a retomada das aulas presenciais, mas sempre levando em consideração o ponto de vista dos dados da saúde, que são prioritários. Mas, pontuamos que a retomada é muito importante, pois quando mais tempo, mais acentuada fica essa desigualdade, mesmo considerando os nossos esforços para poder dar continuidade a manutenção do vínculo escolar e ao processo de ensino e aprendizagem”, finalizou.


Tags: Pernambuco PE Todos Pela Educação Educação PE Educação Pernambuco Governo de Pernambuco Plano de Retomada das Aulas