NOTÍCIAS

Tocantins 10:07, 18 jan 2021 Mais de 59 mil tocantinenses devem realizar as provas do Enem nos próximos finais de semana

Foto:

Em função da pandemia da Covid-19, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira seguirá uma série de medidas para a prevenção da doença

Cláudio Paixão/Governo do Tocantins

Previsto para ser realizado em dois finais de semana, as primeiras provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2020 serão aplicadas neste domingo, 17. No Tocantins, 59.234 se inscreveram para realizar as provas, sendo 58.266 no formato tradicional, impresso, e  968 no formato digital. Neste ano, em função da pandemia da Covid-19, alguns cuidados são primordiais durante a realização das provas.

De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), os participantes do Enem devem, obrigatoriamente, usar máscara de proteção facial desde a entrada no local de prova até a saída, assim como os acompanhantes de mães que estiverem amamentando. A máscara deverá cobrir a boca e o nariz do participante, que poderá ser eliminado do Enem caso não respeite a determinação. Além do uso de máscaras, é muito importante que se respeite o distanciamento de 2 metros, assim como a higienização constante das mãos.

Vale ressaltar que o item 12.6 do edital do Enem 2020 informa que: "Durante a identificação do participante, será necessária a retirada da máscara de proteção à Covid-19, sem tocar na sua parte frontal, prosseguida da higienização das mãos com álcool em gel, próprio ou fornecido pelo aplicador, antes de entrar na sala de provas". Ainda de acordo com o documento, serão eliminados os candidatos que permanecerem no local de provas sem a máscara de proteção à Covid-19, e aqueles que não utilizarem a máscara cobrindo totalmente o nariz e a boca, desde sua entrada até sua saída do local de provas. Durante a realização da provas é permitido a troca de máscaras.

Os procedimentos de fiscalização, como identificação do participante, vistoria de materiais, como lanches, serão realizados respeitando o isolamento entre as pessoas. A ida ao banheiro será controlada, e os estudantes terão que higienizar as mãos na entrada e saída dos banheiros. Pessoas que estiverem com Covid-19 ou outras doenças transmissíveis nos dias do Enem 2020 poderão solicitar a reaplicação das provas. O pedido será recebido antes do exame, pela Página do Participante.

Pelo edital do Enem 2020, são doenças infectocontagiosas, para fins de pedido de reaplicação das provas: coqueluche, difteria, doença invasiva por Haemophilus influenza, doença meningocócica e outras meningites, varíola, Influenza humana A e B, poliomielite por poliovírus selvagem, sarampo, rubéola, varicela e Covid-19. O Inep reforça que os participantes que apresentarem sintomas na véspera ou no dia da prova não deverão comparecer ao exame, "primando pela segurança e pela saúde coletiva".

Em casos como esses, além de registrar o ocorrido na Página do Participante, o inscrito deverá entrar em contato com a Central de Atendimento do Inep (0800 616161) e relatar a condição, com o objetivo de agilizar a análise do laudo pela autarquia. A aprovação ou a reprovação da solicitação deverá ser consultada, também, na Página do Participante.

Horário de entrada

Os portões de acesso às salas onde serão aplicadas as provas serão abertos às 11h30, meia hora mais cedo, para evitar aglomerações. Nas edições anteriores, os portões das escolas onde houve aplicação do Exame abriram às 12h e foram fechados às 13h. O início das provas, marcado para o próximo domingo, 17, e dia 24 de janeiro, será às 13h30. De acordo com o Inep, essa alteração no horário é uma das medidas de segurança adotadas em decorrência da pandemia da Covid-19 para garantir uma aplicação segura para os inscritos.

O Inep também destinará salas especiais, com até 12 carteiras, para pessoas que, de acordo com o Ministério da Saúde e a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), são mais vulneráveis à Covid-19. Esses perfis serão detectados na base de inscritos no Enem 2020. Entre esse grupo de pessoas estão gestantes, lactantes, idosos e pessoas com condições médicas preexistentes, como cardiopatias, doenças pulmonares crônicas, diabetes, obesidade mórbida, hipertensão, doenças imunossupressoras e oncológicas.

Provas

As provas do Enem estão previstas para ocorrerem nos domingos 17 e 24 de janeiro de 2021. Já as do Enem Digital, nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro, sendo que os dois formatos seguirão o mesmo formato no que se refere à distribuição das provas: 1º domingo: 45 questões objetivas de Linguagens e Códigos, 45 questões de Ciências Humanas e Redação; 2º domingo: 45 questões de Ciências da Natureza e 45 questões de Matemática.

Preparatório

No Tocantins, o programa #TOnoEnem, que trouxe para esta edição do Enem a campanha ‘TO de casa NO ENEM’, realizado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), e é direcionada aos estudantes da 2ª e 3ª série do ensino médio, da rede estadual de ensino e para a comunidade em geral.

O #TOnoEnem ofereceu aos estudantes diversas ferramentas de estudo, como: videoaulas transmitidas pela internet e pela TV Assembleia, material didático impresso e digital, aplicação de simulados, plantão tira-dúvidas, lives com professores, webinar - Construindo Minha História.

Desde o ano passado, quando iniciaram as atividades preparatórias para a prova do Enem, foram disponibilizadas 102 videoaulas, sendo que 23 foram lives com tira dúvidas, realizadas e disponibilizadas no canal da Seduc, no YouTube. Todo esse material já recebeu mais de 100 mil visualizações.

Preparação para a véspera

Uma boa noite de sono na noite anterior ao dia da realização da prova é fundamental. Para dormir bem, procure evitar o uso de aparelhos eletrônicos e situações estressantes que possam atrapalhar o sono e gerar distração.  Deixe separado tudo que você vai precisar no dia da prova - caneta esferográfica de tinta preta fabricada em material transparente (só pode ser essa), máscara, lanche, álcool gel, água e um documento de identificação com foto (pode ser carteira de identidade ou de motorista, por exemplo).

O edital do Inep proíbe o uso de óculos escuros e artigos de chapelaria (como bonés ou gorros), caneta de material não transparente, lápis, lapiseira, borrachas, réguas, corretivos, livros, anotações, protetor auricular, relógio de qualquer tipo e quaisquer dispositivos eletrônicos. Imprima ou baixe no aplicativo do Enem o seu cartão de confirmação. Ele contém o local de aplicação da prova. Não é obrigatório apresentá-lo na hora da prova, mas é bom estar com ele.

Dia da prova

Alimentar-se de maneira adequada antes da prova, pois a alimentação promove bem-estar, acelerando o metabolismo e gerando mais energia para o estudo e, consequentemente, a melhora da preparação. O candidato está liberado a retirar a máscara para comer e beber dentro da sala, mas deve recolocá-la imediatamente. No entanto, recomenda evitar comer para não precisar retirar a máscara. Também é importante evitar aglomerações na entrada, como tradicionalmente acontece todos os anos do Enem. Os portões fecham, pontualmente, às 13h, não deixar para a última hora pode evitar aglomerações.


Tags: Tocantins TO Seduc TO