09:51, 12 fev 2016
Paraná

Paraná inaugura novo centro de educação profissional

Foto: Hedeson Alves/SEED

O governador do Paraná, Beto Richa, inaugurou no início deste mês o Centro Estadual de Educação Profissional (CEEP) Theodoro de Bona, no município de Almirante Tamandaré, Região Metropolitana de Curitiba.

No CEEP será ofertado inicialmente o curso técnico em Meio Ambiente, na modalidade integrada. Para o segundo semestre estão previstos os cursos de Meio Ambiente (subsequente), Química e Segurança do Trabalho. A Secretaria de Estado da Educação estuda a implantação dos cursos de Mecânica, Informática e Alimentos.

“A educação é um instrumento transformador, um instrumento de emancipação do cidadão”, disse o governador, que reafirmou seu compromisso com a educação. “Esta é mais uma escola profissionalizante, que abre novas oportunidades e perspectivas de trabalho para os jovens desta região”, acrescentou.

Com capacidade para 1,2 mil estudantes e seis laboratórios, o novo CEEP recebeu R$ 8,3 milhões em investimentos.

A secretária de Estado da Educação, professora Ana Seres afirmou na inauguração que o CEEP significa uma roda-viva de oportunidades, não só para a cidade, mas para toda a região. “Ele atende a demanda das empresas e do comércio local por maior qualificação, e garante melhores salários a quem conclui os cursos técnicos”, destacou.

A diretora da unidade, Wânia Pires Borges, disse que os estudantes que se formarem no Centro terão um diferencial importante na hora de procurar um emprego. “O mercado é competitivo e a qualificação é fundamental”, disse. A mesma opinião tem o chefe de Núcleo da Área Metropolitana Norte, Ângelo Mortella. “Aqui em Almirante há muita carência de formação profissionalizante. O Centro Estadual de Educação Profissional vem suprir essa necessidade”, comentou.

O CEEP de Almirante Tamandaré é o segundo da Região Metropolitana da Capital. A outra escola técnica está localizada no município de Fazenda Rio Grande. “São centros de formação profissional que serão referências pela qualidade do ensino, que é totalmente gratuito, e que vão ampliar as oportunidades de trabalho, renda e qualidade de vida”, frisou a secretária Ana Seres.

Desde 2011, o Governo do Paraná já entregou nove escolas técnicas em diferentes regiões do Estado. Outros cinco centros estão em fase de construção.

Os CEEPs estão localizados Pitanga (Centro), Cianorte (Noroeste), Assaí (Norte), Fazenda Rio Grande e Almirante Tamandaré (ambos na Região Metropolitana de Curitiba), Ibaiti (Norte), Terra Roxa (Oeste), Francisco Beltrão (Sudoeste) e Bandeirantes (Norte).

Comerciantes e empresários comemoram nova escola


Uma das principais dificuldades dos comerciantes e empresários do município de Almirante Tamandaré e municípios vizinhos é encontrar mão de obra com formação técnica. Mas essa realidade vai mudar com o início das aulas no moderno Centro Estadual de Educação Profissional Theodoro de Bona, que vai ofertar cursos em nível técnicos gratuitamente voltados à demanda do setor produtivo da região.

A nova escola começa a funcionar no dia 29 de fevereiro, quando inicia o ano letivo de 2016. Os cursos que serão ofertados foram discutidos pela Secretaria de Estado da Educação junto com os comerciantes e moradores. Objetivo é gerar mais emprego e renda para os estudantes e comunidade escolar. “Esse centro é exclusivamente voltado para a formação profissional e vai trazer uma nova perspectiva de futuro para esses jovens”, disse a secretária de Estado da Educação, professora Ana Seres.

A escola de formação técnica fica a aproximadamente 10 km do centro industrial do município. Segundo o presidente da Associação Comercial e Industrial de Almirante Tamandaré, Rogério Joroski, a escola vai resolver um problema antigo dos comerciantes e empresários da região. “Essa escola era uma reivindicação antiga dos empresários para que pudéssemos formar pessoal qualificado no próprio município para atuar nas empresas que estão instaladas aqui e mudar este estereótipo de município dormitório”, lembrou o empresário.

Rogério afirma que a procura por mão de obra qualificada é grande, mas faltam profissionais com formação técnica para suprir a demanda. A solução encontrada pelos empresários é contratar funcionários de Curitiba. “A nossa expectativa é que essa escola possa habilitar os jovens da região com a formação técnica para que eles possam atuar nas empresas que estão instaladas aqui sem a necessidade de ter que ir para outro município para estudar ou trabalhar”, disse Joroski.

A Associação Comercial e Industrial de Almirante Tamandaré possui 180 empresas associadas, com aproximadamente três mil funcionários.

A estudante Nathaly Taís de Lara Oening, do 9º ano do Colégio Estadual Pedro Piekas, pretende estudar no CEEP. “Acho muito bom ter esta oportunidade. Minha irmã já faz curso técnico, foi bom para ela, e também pretendo aproveitar”, afirmou a adolescente. “E aqui é bem perto de casa”, comemorou Nathaly.

Compartilhar

Outras Notícias