NOTÍCIAS

Avaliação Formativa 17:47, 24 ago 2020 Plataforma de avaliação formativa é enfoque da décima quinta Live da SED/MS

Plataforma de avaliação formativa é enfoque da décima quinta Live da SED/MS

Convidados foram, diretora-executiva e executor de projeto, da Fundação CAEd, Lina Kátia Mesquita de Oliveira e Carlos Palácio, bem como, Renata Ferraz, da Fundação Lemann.

Campo Grande (MS) – Governo de MS, através da Secretaria de Estado de Educação (SED), realizou, na tarde desta segunda-feira (24.08), ás 15h, a décima quinta Live, transmitida no canal da rede social do Governo de MS (Facebook), que tem como escopo atender questionamentos da população, enviados via redes sociais, como também, sanar dúvidas de âmbito pedagógico e tecnológico da comunidade escolar de Mato Grosso do Sul.

Secretária de Estado de Educação, Cecilia Motta, foi responsável pela abertura das transmissões. A abordagem da semana foi referente a avaliação processual, com o objetivo de auxiliar os professores, coordenadores pedagógicos e direção escolar da REE.

“É uma plataforma gratuita que apresenta os objetivos de aprendizagem essenciais e focais, bem como, os tipos de instrumentos e modelos a serem utilizados pelos professores para realizar a avaliação dos estudantes da REE”, enfatiza.

live desta segunda-feira contou com a participação dos superintendentes, de Planejamento e Apoio Institucional, Soraya Hungria da Cruz e de Políticas Educacionais, Hélio Daher, abordaram sobre a diferença entre avaliação diagnóstica e avaliação formativa, bem como o que se avaliar, entendimento e estratégias de resultados e assimilação dos estudantes da REE, no período de pandemia, “ estamos focados na aprendizagem”, enfatiza Daher.

Avaliação Formativa

Uma das convidadas desta semana foi a diretora-executiva da Fundação CAEd, vice-diretora da Associação Brasileira de Avaliação Educacional (ABAVE), Lina Kátia Mesquita de Oliveira, membro do Conselho Estadual de Educação de Minas Gerais.

Graduada em Matemática pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Belo Horizonte (1980), mestrado em Educação pela Universidade Federal de Juiz de Fora (2002) e doutorado em Educação pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (2008), com linha de atuação em escalas de proficiência.

Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Avaliação de Sistemas, Instituições, Planos e Programas Educacionais, atuando principalmente nos seguintes temas: avaliação, educação, políticas públicas, escala de proficiência e educação matemática.

“Fazemos parte do mesmo grupo de educadores, educação é complexa, com enfoque na qualidade da educação e promoção da equidade, em tempos de pandemia essas questões despontam”, menciona.

Lina Kátia menciona que o professor é mediador do conhecimento, “neste momento de pandemia há uma preocupação na qualidade da educação pública ofertada, não sabemos quando retornar, mas temos que se preparar e o primeiro passo é preparar um processo avaliativo, ação avaliativa, avaliar é testar o direito de aprender do estudante que é fundamental. Não é momento próprio para avaliação somativa, mas sim, para o progresso do estudante, com avaliação de caráter formativo, voltado a diagnóstico do desempenho escolar do estudante”.

Plataforma

Outro convidado da transmissão desta semana foi Carlos Palácios, graduado em Comunicação Social, pela Universidade Federal de Juiz de Fora (MG). Possui Mestrado e Doutorado em Letras Vernáculas, pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, com área de concentração em Literatura Brasileira.

Atualmente, trabalha junto à professora Lina Kátia na concepção e execução de projetos de avaliação em parceria com as redes públicas de ensino do País. No caso da Plataforma de apoio a aprendizagem, que ele vai apresentar, é responsável pela coordenação de todos os conteúdos dela, que foram produzidos junto com as Fundações parceiras do projeto.

Carlos Palácio apresentou na Live os percursos básicos da plataforma que está em processo de finalização pelo CAEd, onde a previsão é que esteja em funcionamento em duas semanas, “um espaço de engajamento e sensibilização onde os professores terão como mais uma ferramenta avaliativa para retorno dos estudantes, quando voltarem”.

Parceiros

Também participou da transmissão a integrante da Fundação Lemann, Renata Ferraz, ela é formada em Direito no Largo São Francisco, com mestrado em Filosofia da Educação na Faculdade de Educação da USP. Atuou como advogada na administração pública e, desde 2013, trabalha na área da educação.

Desde 2017 trabalha com a Fundação Lemann e na implementação da BNCC e acompanhou – de perto – a elaboração dos currículos nos Estados e municípios e, atualmente lidera a atuação da Fundação Lemann na área da Avaliação Educacional.

Plataforma, que está sendo elaborada pelo CAEd e diversas fundações e instituições parceiras, será lançada, em todo Brasil, no dia 08 de setembro, “fundação Lemann é uma das parceiras, na elaboração da plataforma que irá apoiar e acompanhar alunos e professores, neste momento de pandemia”.

A Plataforma, de acordo com Renata Ferraz, reúne diversos profissionais, “iniciativa de apoio a aprendizagem, com diversas instituições, que contribuíram com a construção da plataforma de Avaliação diagnóstica e formativa, que tem um

guia de avaliação avaliativa, um material elaborado por iniciativa de técnicos de diversas redes, com orientações de como construir diversos instrumentos para verificar aprendizagem dos alunos, em contextos diversos, conforme interesse do professor, que podem ser aplicados na própria sala de aula”, finaliza Renata.

Live de formação para os diretores

Nesta sexta-feira (28.08), às 15h, acontece mais uma edição das Lives de formação para os diretores da Rede Estadual de Ensino, transmitida no canal da SED no Youtube. Trata-se de um espaço para diálogo e interação entre os gestores, comunidade e membros de importantes instituições sobre as temáticas que permeiam a Educação em MS.

#WebSED

Realizado todas as quartas, excepcionalmente nesta semana não ocorrerá o Webinário da SED, em função do aniversário de Campo Grande. Mesmo se tratando de um feriado municipal, é a cidade que concentra o maior número de profissionais e estudantes da Rede e o encontro será adiado para o próximo dia 9 de setembro, às 15h, com o tema “Português no Ensino Fundamental”.

Agenda

Vale salientar que a participação nessas transmissões não é uma obrigatoriedade. Deve ser de acordo com o interesse e disponibilidade de cada um. Objetivo é seguir oferecendo possibilidades para todos neste período tão atípico.

Texto: Adersino Junior - Secretaria de Educação de Mato Grosso do Sul

Tags: Mato Grosso do Sul MS Avaliação Formativa