NOTÍCIAS

Tocantins 18:03, 19 nov 2020 Povo Xerente passa a contar com Polo de Apoio às Escolas Indígenas que vai beneficiar servidores de 40 unidades de ensino

Polo já está em funcionamento Servidores de 40 escolas indígenas serão beneficiados com polo Polo foi instalado em parceria com a prefeitura de Tocantínia
Foto: Divulgação Dicom Seduc

Estrutura montada em Tocantínia já está à disposição dos professores e servidores das unidades escolares

Núbia Daiana Mota/Governo do Tocantins

A partir da segunda quinzena de novembro, os professores e demais servidores das 40 unidades escolares do Povo Xerente passam a contar com o Polo de Apoio às Escolas Indígenas. A estrutura, instalada pelo Governo do Estado na área urbana de Tocantínia, visa oferecer suporte técnico, pedagógico e operacional às escolas indígenas jurisdicionadas à Diretoria Regional de Educação de Miracema (DRE).

“Nosso objetivo principal é realmente facilitar o trabalho dos profissionais que atuam nessas escolas. Com esse polo buscamos oferecer uma solução geograficamente mais acessível que vai minimizar a necessidade do deslocamento até Miracema, onde está sediada a DRE. A estrutura foi montada de forma que atenda os professores, coordenadores e equipe gestora visando à oferta de um ensino de qualidade à comunidade escolar Xerente”, enfatiza a secretária da Educação, Juventude e Esportes, Adriana Aguiar.

A implantação do Polo de Apoio às Escolas Indígenas no município é resultado da parceria firmada entre a Secretaria da Educação, Juventude e Esportes (Seduc) e a Prefeitura Municipal de Tocantínia.  No local, os servidores das unidades de ensino terão à disposição computadores com acesso à internet, onde poderão planejar as aulas, imprimir materiais, alimentar o Sistema de Gerenciamento Escolar (SGE) além de realizar outras atividades administrativas e pedagógicas que antes precisavam ser feitas in loco na Regional de Ensino.

Segundo o gerente de Educação Indígena da Seduc Waxiy Maluá Karajá, a ausência de energia elétrica e a dificuldade de acesso das aldeias até a sede da DRE não mais representarão empecilhos para que os educadores desenvolvam suas atividades.

“O polo facilita muito o trabalho de todos os servidores. Ao investir na descentralização administrativa e oportunizar essa maior aproximação, o Governo do Estado demonstra o respeito à cultura, à identidade e aos saberes dos povos indígenas e a promove a valorização da educação escolar indigna no nosso Estado”, pondera Waxiy Karajá.

Além da unidade de atendimento às escolas Xerentes, outros três Polos de Apoio às Escolas Indígenas instalados pelo Governo do Estado  já estão em funcionamento: em Itacajá (povo Krahô); em Formoso do Araguaia (povo Javaé); e em São Félix do Araguaia (MT) (povo Karajá).


Tags: Tocantins TO