NOTÍCIAS

Tecnologia na sala de aula 16:58, 12 fev 2016 Professora de escola em São Paulo une português e tecnologia e participa de programa internacional

A2img / Alexandre Carvalho A2img / Alexandre Carvalho A2img / Daniel Guimarães
Foto:

Educadora ensina Língua Portuguesa aos alunos com auxílio da técnica de stop motion

É com a ajuda de vídeos de animação que alunos da E.E. Professor Joaquim Moura da Candelária, em São José dos Campos, estão aprendendo a Língua Portuguesa. Criado pela professora Sílvia Helena Santos Vasconcellos, o método foi um dos indicados ao programa Microsoft Innovative Educator Experts (MIE), que reúne educadores de diferentes países responsáveis por levar a tecnologia às salas de aula de maneira inovadora.

Siga a Secretaria da Educação no Twitter e noFacebook

Ao longo dos próximos meses, a educadora terá a chance de participar de encontros e workshops sobre o tema. Ela terá ainda a oportunidade de compor equipes de discussões e testar ferramentas com foco em educação da Microsoft. Os “MIE experts” também poderão compartilhar a experiência a partir de relatos em mídias sociais, blogs e vídeos. No Brasil, outros 35 nomes foram selecionados pela empresa. 

No trabalho iniciado há dois anos em São José, a professora utiliza o stop motion - técnica de animação com recursos da máquina fotográfica ou do computador – para praticar as habilidades de leitura e escrita. A proposta da ‘Aula Animada’ é desenvolver a linguagem não-verbal dos estudantes com auxílio de programas como Office, Power Point e Word.

“As ferramentas da parceria com a Microsoft oferecem inúmeras possibilidades e podem auxiliar desde em tarefas básicas até nas mais complexas. Além de disponibilizar o pacote Office com os recursos tradicionais, agora temos outros recursos como o Onenote e o Sway que permitem possibilidades de criação de aulas mais interativas”, revela Sílvia.

Parceria com a Microsoft na rede estadual 

A Educação de São Paulo mantêm com a Microsoft uma parceria que garante a todos os 3,8 milhões de estudantes e 230 mil professores cinco licenças do pacote Microsoft Office 365. O download pode ser feito em computadores e dispositivos móveis (como tablet e celular) e facilita a rotina escolar dentro e fora da sala de aula.


Tags: São Paulo Tecnologia SP Rede Estadual Tecnologia na sala de aula