NOTÍCIAS

Incentivo à leitura 15:09, 1 jun 2020 Professores da rede estadual criam biblioteca escolar virtual para levar literatura às crianças

Professores da rede estadual criam biblioteca escolar virtual para levar literatura às crianças

Projeto foi idealizado por profissionais da Coordenadoria Distrital de Educação (CDE) 1

Já imaginou um projeto que leva obras literárias às crianças por meio do WhatsApp? Um grupo de professoras da rede estadual, sim. O objetivo do projeto Biblioteca Escolar Virtual é aproximar os alunos do 1º ao 5º ano de livros infantis e infanto-juvenis para desenvolver o interesse pela leitura, além dos livros didáticos. 

 As professoras atuam na área da Coordenadoria Distrital de Educação (CDE) 1, que envolve escolas das zonas sul e centro-sul de Manaus. A coordenadora adjunta do anos iniciais da CDE1, Sandra Regina Vieira, explica que as profissionais se preocuparam em levar leitura aos estudantes para incentivá-los neste período de pandemia e o aplicativo mensagens foi escolhido devido ao grande número de usuários e por ser mais fácil de os pais que não têm redes sociais acompanharem. Os conteúdos serão enviados nos grupos de pais e professores. 

 “Nós sabemos que quanto mais trabalharmos com a leitura, mais incentivamos, mais leitores teremos. Muitos desses alunos têm esse suporte apenas dentro da escola e quanto mais perto ficarmos, melhor será para eles mesmos. Os trabalhos serão divertidos, nada extenso, leituras curtas para prender mesmo e chamar a atenção deles”, diz Vieira. 

 O projeto vai funcionar nas segundas, quartas e sextas, tendo início na quarta-feira (03/06). Pela manhã, os responsáveis pelos estudantes dos 1º, 2º e 3º anos vão receber o conteúdo do livros para lerem, bem como vídeos e áudios das professoras lendo as histórias e questionando algo sobre o que o livro conta. No período da tarde, será a vez dos alunos dos 4º e 5º anos. 

 A coordenadora diz que a interação vai ocorrer, principalmente, quando os alunos enviarem de volta áudios ou vídeos lendo os livros e respondendo às indagações. “Quando eles respondem essas perguntinhas sobre a parte que ele mais gostou, o personagem, é que a gente vai saber se ele participou e aproveitou”, diz. 

 As 35 escolas abrangidas pelo projeto Biblioteca Escola Virtual são as do CDE1, que compreende a área central e sul de Manaus. Além delas, as escolas de educação especial Augusto Carneiro e Manoel Marçal também estão incluídas. Para este público, os conteúdos serão adaptados para as necessidades dos alunos. No total, o projeto deve alcançar 4.057 estudantes dos anos iniciais do ensino fundamental.


Tags: Professores AM Incentivo à leitura manaus Pandemia biblioteca virtual