15:42, 18 mar 2015
Tocantins

Programa Estrada do Conhecimento é apresentado em encontro na Seduc

Foto:

Durante reunião nesta quarta-feira, 18, o Programa Estrada do Conhecimento (PEC) foi apresentado pela equipe técnica da Secretaria de Estado da Educação (Seduc). A reunião foi conduzida pelo secretário Adão Francisco e contou com a presença de autoridades de diversos municípios.

O PEC é parte do acordo firmado entre o Banco Internacional para a Reconstrução e Desenvolvimento (BIRD), Banco Mundial / Brasil e Governo do Estado do Tocantins e tem como objetivo subsidiar o Projeto de Desenvolvimento Regional Sustentável (PDRIS).

De acordo com a diretora de Desenvolvimento e Gestão Escolar da Seduc, Valdete Pagani,o programa irá atuar em cidades margeadas pela BR-153, no intuito de promover uma educação efetiva e integral e a inclusão social de crianças, adolescentes e jovens em situação de vulnerabilidade social às margens da rodovia.

O programa prevê também a reforma de algumas unidades escolares nos municípios contemplados, sendo elas: Colégio Estadual Anita Cassimiro Moreno em Aliança do Tocantins, Colégio Estadual Nazaré Nunes da Silva em Aguiarnópolis, Escola Estadual Paulina Câmara e Colégio Estadual Tancredo Neves em Barrolândia, Colégio Estadual Darcy Ribeiro em Pugmil, Escola Estadual Lacerdino Oliveira Campos em Colinas do Tocantins e Colégio Estadual José Luiz Siqueira em Wanderlândia.

O secretário Adão Francisco ressaltou da importância do Programa como forma de potencializar os moldes de educação integral, pregados pela atual gestão. “O Programa Estrada do Conhecimento vem nos dar uma possibilidade efetiva de termos escolas que respaldam uma educação integral e humanizada e ainda de alavancarmos os arranjos produtivos locais”, disse.

O prefeito de Aliança do Tocantins, José Rodrigues da Silva, avaliou positivamente a parceria do estado com a prefeitura por meio do PEC. “O programa está preocupado muito além com a estrutura das escolas, está preocupado com o desenvolvimento social das famílias, para que as mesmas possam ter um futuro promissor por meio da oferta de uma educação de qualidade”, afirmou.

Já a prefeita de Barrolândia, Leila de Sousa, ressaltou que a prostituição a margem da BR 153, sempre foi uma preocupação da cidade, e que esta parceria será muito positiva para resgatar estas populações em situação de vulnerabilidade social. “Nós só temos a ganhar com a parceira, tanto o estado como a prefeitura”, concluiu.

Durante a reunião, ficou acertado que ainda será definida uma data para a assinatura do acordo de cooperação técnica, onde cada prefeitura será chamada individualmente até a Seduc.


Compartilhar

Outras Notícias