15:15, 24 jan 2017
Mobilização

Alunos participam de revitalização da Escola Raymundo Vianna

Foto: Portal Seduc

Alunos participam de revitalização da Escola Estadual Raymundo Martins Viana

“Estamos aqui corrigindo um erro, que não é meu diretamente, mas de um conjunto de alunos que não zelou pela nossa escola e que acabou muito pichada e com muitas coisas quebradas. Então, agora estamos tirando um pouco do nosso tempo para revitalizar esse espaço, que é nosso e onde passamos muitas horas do dia”, afirmou a estudante Nathy Oliveira, da Escola Estadual Raymundo Vianna Martins, no bairro do Parque Verde. Nathy integrou-se a outros alunos, desde o dia 18, para promover a revitalização completa da estrutura física da unidade de ensino. Essa iniciativa vem ao encontro das ações empreendidas pela Secretaria de Estado de Educação (Seduc) para a manutenção das escolas da rede estadual, o que inclui um trabalho de conscientização das comunidades escolares quanto à conservação do patrimônio escolar.

A atividade faz parte do projeto “Renovar”, uma ação ambiental para marcar os 10 anos de fundação da instituição de ensino, que ao final ganhará uma obra de arte em grafitagem no muro com o tema “Batuque” replica da capa do livro obra do escritor Bruno Menezes, que deu origem ao nome da escola.

Eliana Cardoso, diretora da Escola Raymundo Viana detalhou que o projeto não previa a ação tão abrangente. “A estudante Lorrane Louise da Penha foi a idealizadora  da iniciativa de revitalização, mas a idéia foi abraçada por todos, direção, pais, professores e alunos e beneficiará toda a área da escola. A atividade culminará com uma festa na próxima terça-feira, 24”.

Além da pintura de todas as áreas da escola, os alunos também meteram a mão na massa para recuperar mobiliário, fazer paisagismo, com direto a jardins, plantio de mudas frutíferas e uma horta. Um grupo de estudantes também confecciona placas de identificação para as salas e áreas administrativas da escola “Essa é a primeira vez que pego em uma enxada, mas estou gostando muito da experiência, pois vou acompanhar o crescimento de tudo que a gente está plantando aqui”, afirmou o aluno do 1º ano do ensino médio Luís Henrique Romão, que estava na equipe de plantio de horta.

O material de pintura foi adquirido através de recursos levantados por toda a comunidade escolar. “Para garantir a qualidade do serviço de pintura temos dois pintores profissionais, que estão orientando os alunos no que diz respeito à diluição de tinta e métodos de pintura”, detalhou a diretora da escola. Todo o trabalho foi dividido por turnos e turmas. Mas a ação envolve todos os 1.480 alunos da instituição de ensino. “Dentro do projeto de ação ambiental os alunos que estão revitalizando a escola farão uma recepção aos novos alunos que será focada na conscientização da importância da manutenção e conservação do espaço”, disse.

Segundo José Batista Silva, pai de um aluno que também estava na equipe de pintura da escola o trabalho é um estímulo para os estudantes. “Eles aprendem a valorizar e zelar pelo espaço que é deles. Na minha época de estudante, na década de 80 ações como essas eram muitos comuns. A gente tirava pelo menos um final de semana do mês para se dedicar a manutenção da nossa escola. Ao final, era uma grande alegria, jogávamos bola, conversarmos e nos divertíamos”, finalizou.


Texto: Kátia Aguiar

Fotos: Fernando Nobre

Compartilhar

Outras Notícias