NOTÍCIAS

Sergipe 12:33, 24 jul 2019 Projeto sergipano que reaproveita laranja para a produção de sabão ecológico participa de Mostra Nacional das Feiras de Ciências

Jian Nascimento dos Santos Jian Nascimento dos Santos A professora de Química, Darcylaine Martins, e o aluno da 3ª série do Ensino Médio, Jian Nascimento dos Santos Mostra Nacional
Foto: Ascom/ Seduc SE

O projeto do Colégio Estadual Dr. Antônio Garcia Filho, localizado em Umbaúba (SE), utiliza o excesso da produção da laranja da região Sul de Sergipe na produção de sabão ecológico

Por: Sílvio Oliveira

A professora de Química, Darcylaine Martins, e o aluno da 3ª série do Ensino Médio, Jian Nascimento dos Santos, ambos do Colégio Estadual Dr. Antônio Garcia Filho, localizado em Umbaúba, embarcaram nesta segunda-feira, 22, no aeroporto de Aracaju, para o Mato Grosso do Sul, com o objetivo de participar da Mostra Nacional das Feiras de Ciência. O projeto "Laranjas: Produzir, Espremer e Saponificar" foi classificado para representar Sergipe e consiste em aproveitar o que sobra da produção da laranja produzida na região em sabão ecológico, diminuindo o acúmulo de lixo e dando um fim sustentável para o excesso da produção.

O convite partiu do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ) e da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) ao analisarem que o projeto da escola estadual sergipana é sustentável no ponto de vista de viabilidade científica, além de ter sido classificado em 1º lugar na Feira de Ciências, Artes e Tecnologia da UFS (Cienart); 1º lugar no Prêmio Destaque PIBICjr e 3º lugar na etapa estadual do Prêmio Professores do Brasil do Ministério da Educação.

Participam do projeto 10 alunos orientados pelas professoras de Química, Darcylaine Martins, e de História, Andréa Oliveira. Iniciaram o projeto há três anos, ao perceberem que os alunos eram filhos de agricultores de laranja na região e não conheciam o ciclo de produção e maturação da fruta.

"Primeiramente, elaboramos uma aula diferente para que os alunos do Colégio Estadual Dr. Antônio Garcia Filho conhecessem de perto toda a cadeia produtiva da laranja do seu município, começando pelos viveiros de mudas de laranjas até as fábricas de suco de laranja. Os alunos ficaram tão empolgados, que foram além do esperado. Eles observaram que algumas laranjas eram descartadas e desperdiçadas durante o processo e resolveram dar um destino sustentável para essas laranjas. Os alunos, orientados pela professora de Química, transformaram as laranjas em sabão ecológico, diminuindo o acúmulo de lixo", explica Darcylaine Martins.

A Mostra Nacional das Feiras de Ciências acontece pela primeira vez nesse formato e tem o objetivo de reunir os projetos finalistas de grandes feiras nacionais de ciências e de oportunizar aos jovens cientistas autores desses projetos a ampla participação nas atividades científicas da reunião anual da SBPC. "Participar da Mostra representa um grande avanço em conhecimento para a minha formação", avalia Jian Nascimento.

A professora sergipana e o aluno participaram nesta quarta-feira, 24, da Feira Nacional entre os 33 projetos finalistas e premiados. A Mostra não tem caráter competitivo, e sim expositivo, para que os participantes da SBPC 2019 conheçam as pesquisas realizadas no âmbito do ensino fundamental, médio e técnico.

Eles também participam como observadores da programação da Fetec/MS, que, nesta edição, conta com 202 projetos. As apresentações acontecem durante toda a semana. Desta quarta-feira, 24, até a sexta-feira, 26, um grupo com mais de 300 avaliadores julgará os trabalhos da Fetec/MS, escolhendo os melhores projetos que serão premiados em cerimônia marcada para o dia 26, às 16h30, no Teatro Glauce Rocha. A cerimônia contará com a participação do ministro do MCTIC, Marcos Pontes.

Tags: Sergipe SE Feira de Ciências Projeto de Ciências