18:06, 15 fev 2017
Orientação

Secretaria da Educação da Bahia orienta estudantes sobre conservação de livros didáticos

Foto: Divulgação

Os livros didáticos são indispensáveis para o processo de ensino e de aprendizagem, se tornam parte da rotina diária dos estudantes e em muitos casos são reaproveitados de uma série para outra por estudantes diferentes. Nesse sentido, a Secretaria da Educação do Estado presta algumas orientações para evitar o desgaste do material e que contribuem para a conservação desta importante fonte de conhecimento.

Forrar os livros é uma ótima alternativa para a conservação. Nesse sentido, os estudantes podem utilizar plásticos e outros matérias como diferentes tipos de papeis para customizar as capas. Podem utilizar até fotografias. A ideia, segundo a coordenadora do Livro Didático da Secretaria da Educação do Estado, Alessandra Santana, é deixar a criatividade fluir para proteger os livros.

“É necessário que as unidades escolares promovam uma constante ação de conscientização por meio dos professores, colegiado escolar, líderes de classe e familiares para que os livros sejam bem conservados. Sugerimos que sejam produzidos cartazes com orientações, organizar o Dia do Encapamento para que os alunos usem a criatividade dentro da disciplina de Artes, promover concursos de capas e premiar as turmas com o maior número de livros bem conservados”, recomenda Alessandra Santana.

A coordenadora ressalta a importância da participação da família no cuidado com o material didático dos filhos. “Os pais também podem fiscalizar e conscientizar os estudantes, orientando-os a manter os livros em local apropriado, arejado e sem umidade. Além disso, não devem riscar, rasurar ou rasgar as páginas e capas, porque os mesmos serão devolvidos para serem reutilizados por outros estudantes, seguindo o triênio da campanha”, esclarece.

Os livros didáticos são solicitados pelas escolas diretamente ao Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação (FNDE) e todos os exemplares disponibilizados são aprovados pelo Programa Nacional do Livro Didático (PNLD). Uma vez entregues, passam a ter dominialidade das escolas, que realizam a entrega aos estudantes.


Compartilhar

Outras Notícias