07:42, 11 jul 2017
Sergipe

Secretaria de Educação de Sergipe e Ministério Público realizam culminância de projeto em Direitos Humanos

Foto: Maria Odília Seed SE

Projeto pretende divulgar conteúdo formativo e informativo e a atuação do MP na defesa dos direitos fundamentais

Alunos, pais, professores, equipe diretiva, representantes dos grêmios escolares e do Conselho Tutelar e autoridades participaram na manhã desta segunda-feira, 10, da culminância da iniciativa "Educação em Direitos Humanos: Projeto João Cidadão". O evento aconteceu no pátio do Colégio Estadual Vitória de Santa Maria, no bairro Santa Maria, em Aracaju.

A mesa de abertura foi composta pelo secretário de Estado da Educação, Jorge Carvalho; o promotor de justiça e diretor do Centro de Apoio Operacional à Educação, Alexandro Sampaio; a diretora de Educação de Aracaju (DEA), Eliane Passos; diretora do Centro Educacional do Ministério Público (CEMP), Selma Siqueira; diretor do Colégio Estadual Vitória de Santa Maria, Alex Fabiano e Iris Virginia, da Diretoria Regional de Educação (DRE 8).

O "Projeto João Cidadão" é uma iniciativa do Conselho Nacional do Ministério Público adotado pelo Ministério Público (MP) de Sergipe, que pretende divulgar um conteúdo informativo em forma de cartilha sobre os direitos fundamentais. A proposta tem como objetivo promover a interação entre o MP e adolescentes e jovens, bem como a divulgação dos serviços prestados que são direcionados à garantia dos Direitos Humanos.

De acordo com Jorge Carvalho, a ação conta com excelentes resultados e, além disso, é necessário incentivar os alunos a conhecerem mais dos seus direitos e deveres enquanto cidadãos. "Cumprimos a primeira etapa do projeto e buscamos associar os conteúdos que os estudantes aprendem nas diversas disciplinas através do desenvolvimento das habilidades e competências socioemocionais para que eles possam formar as suas dimensões de cidadãos", ressaltou o secretário ao agradecer ao MP pela parceria.

Segundo a acadêmica da Universidade Federal de Sergipe (UFS), do curso de Letras Espanhol e ex-aluna do Colégio Estadual Vitória de Santa Maria, Natália Conceição, foi uma experiência enriquecedora participar da iniciativa. "Aprendi muito com o projeto, irei transmitir o conhecimento para outras pessoas", destacou.

Para Alexandro Sampaio, a discussão acerca dos Direitos Humanos é fundamental para que estes jovens exerçam a cidadania. "O projeto traz a abordagem de alguns assuntos que são pertinentes ao ambiente escolar, tais como: o empoderamento da mulher, a preservação das garantias individuais, o direito pessoal do cidadão, a preservação do meio ambiente, a questão da segurança, entre outros. A ação é contínua, sempre iremos lidar com esses temas, hoje é a culminância".

Educação em Direitos Humanos

O projeto pretende divulgar conteúdo formativo e informativo e a atuação do MP na defesa dos direitos fundamentais, difundindo reflexões e ações que estimulem o reconhecimento e exercício dos direitos e deveres de cada pessoa em situações concretas, com destaque à sua relevância no cotidiano.

Objetivo do João Cidadão

O projeto tem como propósito contribuir com o desenvolvimento da cultura de Direitos Humanos no Brasil e ainda promover uma maior aproximação entre o Ministério Público e a sociedade. A iniciativa visa a realização de ações nas escolas de ensino fundamental maior - 8º a 9° ano - e a 1ª série do Ensino Médio. João Cidadão contará com envolvimento de 129 unidades de ensino.

Em Sergipe a iniciativa tive início no dia 10 de abril, as ações foram desenvolvidas nas escolas públicas de todo estado através das Diretorias Regionais em parceria com o Centro de Apoio dos Direitos da Educação/MP e Secretarias Municipais de Educação.  A Escola Superior do Ministério Público, do Programa Ministério Público Portas Abertas, uma vez por mês irá trabalhar os eixos temáticos similares ao da Cartilha com 80 alunos da 3ª série do Ensino Médio das escolas públicas. 

Apresentações Culturais

O evento contou com apresentações dos grupos teatral e de dança, Pérola Negra, do Colégio Estadual Vitória de Santa Maria. Os estudantes da Escola Estadual Prof. Acrísio Cruz também fizeram exibição de diversas peças.

Cartilha

Para mais informações sobre o Projeto acesse o site www.cnmp.mp.br/joaocidadao. Além da cartilha, estão disponíveis os vídeos e jingles que podem auxiliar o roteiro de trabalho nas escolas. 


Compartilhar

Outras Notícias