NOTÍCIAS

Bahia 09:19, 31 mar 2020 Secretaria debate ações para mobilizar estudantes da Educação do Campo durante suspensão de aulas

Secretaria debate ações para mobilizar estudantes da Educação do Campo durante suspensão de aulas

A Secretaria da Educação do Estado da Bahia (SEC) realizou uma reunião on-line, nesta segunda-feira (30), com entidades e associações ligadas à Educação do Campo para debater ações que mobilizem estudantes e professores durante a suspensão das aulas, em toda Bahia. O objetivo foi avaliar alternativas para oferecer um aprendizado pedagógico, além de atividades voltadas à cultura, às artes e a temas ligados ao povo do campo. O encontro foi intermediado pelo secretário da Educação do Estado, Jerônimo Rodrigues, acompanhado da equipe técnica da SEC.

"Estamos neste diálogo de forma dinâmica para chegarmos com uma alternativa de qualidade para os quase cinco milhões de estudantes, professores e profissionais da educação que estão em casa neste momento. A Educação do Campo tem suas particularidades e temos que ouvir os grupos que trabalham diretamente com este público. Temos alternativas, como os curso de Educação à Distância, mas também temos a realidade do estudante que mora longe do centro e não tem acesso à internet. É importante as entidades do campo estarem próximas para que busquemos soluções", destacou o secretário Jerônimo.

Representando o Fórum Estadual de Educação do Campo (FEEC), Iracema dos Santos falou da importância de conhecer a realidade do estudante da zona rural. "A mediação parece uma boa alternativa, mas não é a realidade dos alunos do campo. Acredito que tenhamos que analisar como as nossas escolas, que são contextualizadas com a realidade local, podem contribuir para levar esse conteúdo para esta população".

O presidente do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural da Bahia (SENAR-BA), Humberto Miranda, destacou como a entidade vem trabalhando para enfrentar a crise do momento. "Entre nossas ações, estamos disponibilizando, on-line e de forma gratuita, todos os nosso cursos para que possam ser acessados em todo o Brasil, o que pode ser uma alternativa para qualquer estudante do campo que tenha interesse no aprendizado. E também colocando técnicos à disposição,  para que o produtor, possa receber assistência e orientações na sua produção rural", contou.

A presidente da Central Única dos Trabalhadores da Bahia (CUT-BA), Maria Madalena Oliveira Firmo, a Leninha, ressaltou o empenho de todos e analisou o resultado da reunião. "Acho que é importante este diálogo que representa a vontade de criar alternativas para a Educação do Campo. Estamos empenhados em contribuir e esperamos passar por este momento ainda mais unidos e fortalecendo a Educação", disse.

Ainda participaram da reunião representantes da Associação das Escolas das Comunidades e Famílias Agrícolas da Bahia (AECOFABA); da Rede das Escolas Famílias Agrícolas Integradas do Semi-Árido (REFAISA); do Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA); da União Nacional das Cooperativas da Agricultura Familiar e Economia Solidária (UNICAFES); da Federação da Agricutura e Pecuária (FAEB); da Federação dos Trabalhadores Agricultores e Agricultoras Familiares do Estado da Bahia (FETAG-BA); da Federação dos Trabalhadores na Agricultura Familiar do estado da Bahia (FETRAF-BAHIA/CUT); do Movimento Sem Terra (MST); Conselho Estadual da Criança e do Adolescente (CECA), da Pastoral da Juventude Rural (PJR); do Movimento de Organização Comunitária (MOC); da Universidade Estadual da Bahia (UNEB); da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC); e da Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR).


Tags: Bahia BA Portal da Educação