NOTÍCIAS

Secretaria de Estado da Educação ES 15:38, 14 mai 2019 Tecnologia prepara alunos de Ensino Fundamental para redação do Enem

Tecnologia prepara alunos de Ensino Fundamental para redação do Enem


Alunos das turmas do 9º ano do Ensino Fundamenta a Escola Hosana Salles, em Cachoeiro de Itapemirim, começaram a utilizar, nesta semana, uma ferramenta digital para aperfeiçoar a produção textual. A unidade de ensino faz parte do grupo de escolas com turmas-piloto no Ensino Fundamental, que insere a plataforma para a sala de aula. O objetivo também é prepará-los para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), quando estiverem na 3ª série do Ensino Médio.

A professora Patrícia Peres Ferreira Nicolini destaca que a Plataforma Letrus, que é uma plataforma educacional, auxilia na produção de diversos gêneros textuais. “É uma forma de auxiliar os professores de Ensino Médio na melhor preparação dos nossos alunos para a avaliação nacional. Recebemos com muita alegria a iniciativa como integrante do grupo com "turmas piloto" do Ensino Fundamental. Os avanços tecnológicos são o futuro da Educação e é muito bom fazer parte deste futuro”, disse.

Ferramenta

A Secretaria de Estado da Educação (Sedu) leva a plataforma por meio do Programa Letrus, da Sedu Digital, para alunos de 121 escolas da Rede Estadual. Professores de Língua Portuguesa, pedagogos e coordenadores de escolas sorteadas pela pasta, já receberam a formação para utilizarem a ferramenta. O uso é direcionado para alunos da 3ª série do Ensino Médio e, também, do 9º ano do Ensino Fundamental. 

Como funciona a plataforma?

Os alunos utilizam a ferramenta dentro de um calendário em que podem inserir as produções textuais. A primeira redação, por exemplo, já está sendo inserida desde o dia 01 de maio até esta terça-feira (14). Os alunos produzem o texto diretamente na ferramenta, com temas que seguem o que já foi proposto em provas do Enem em anos anteriores.

Ao terminar, o estudante recebe automaticamente, um retorno por meio da análise feita pelo sistema de inteligência artificial, que é focado na estrutura do texto. Ao final das redações propostas e realizadas, a plataforma indica a evolução do estudante.

Escolas-piloto

O uso da ferramenta em 2018 foi feito em 35 escolas-piloto na Rede Estadual, localizadas em um total de 28 municípios. Os resultados obtidos foram as produções de 3,6 mil redações realizadas pelos 1.500 estudantes que participaram. Dentro do quadro de evolução, no 1º trimestre houve 13% de crescimento nas notas dos alunos em duas redações. Já no segundo semestre, o crescimento nas notas foi de 21%.

Calendário de redações


Os alunos terão datas específicas, até outubro, para a inserção das redações na ferramenta. Durante todo este processo, eles contam com o apoio e orientação da equipe escolar que envolve professores de Língua Portuguesa, pedagogo e professor coordenador de área.

Veja o calendário abaixo:

1ª redação: 01 e 14 de maio;
2ª redação 02 e 20 de maio;
3ª redação 29 de junho e 09 de agosto;
4ª redação 26 de agosto e 07 de setembro;
5ª redação 23 de setembro e 11 de outubro.

 Texto: Geiza Ardiçon 


Tags: ES Sedu Secretaria de Estado da Educação ES