NOTÍCIAS

BNCC 14:37, 10 out 2019 Webconferência instala comitês de alinhamento do currículo de Goiás para 2020 no Ensino Fundamental

Webconferência instala comitês de alinhamento do currículo de Goiás para 2020 no Ensino Fundamental

Objetivo da reunião foi discutir os detalhes da parceria entre a Seduc Goiás e os municípios goianos

A equipe responsável pela implementação da BNCC do Ensino Infantil e Fundamental em 2020 realizou uma webconferência com coordenadores regionais de educação e secretários municipais de educação para ouvir questionamentos sobre como está sendo construída essa parceria entre o Estado e os municípios goianos.

A coordenadora do grupo, Abadia de Lourdes da Cunha, e o presidente da União dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), Marcelo Ferreira Costa, responderam as perguntas e dúvidas que surgiram e iniciaram um processo de formação para que o currículo da Educação Infantil e do Ensino Fundamental seja único nos entes federativos.

O Estado de Goiás está na vanguarda do trabalho de parceria com os municípios. Em cada uma das 40 Regionais de Educação foi organizado um comitê para implantar o trabalho em conjunto e fazer com que o Documento curricular ampliado para Goiás seja uma realidade para 2020. 

O grupo Pro BNCC está trabalhando a formação dos professores, que é coordenada pelo Ministério da Educação (MEC). Em Goiás, mais de 30 mil professores estão inscritos para os cursos EAD. Outro passo será uma formação organizada pela Seduc e Undime para que esse novo currículo esteja em debate dentro de todas as unidades educacionais.

Alinhamento

Durante encontro no dia 21 de agosto foi assinado o Termo de Compromisso para Pactuação do Regime de Colaboração para a Implementação do Documento Curricular para Goiás. A superintendente de Ensino Fundamental da Seduc, Giselle Faria, explicou que equipes do Estado e dos municípios estão trabalhando em conjunto para a criação de um currículo unificado ampliado, a partir do Documento Curricular (DC) para Goiás, elaborado em 2018.

Neste documento serão organizadas as habilidades em progressão, que serão iguais para todas as escolas do Estado e de todos os municípios goianos. “Quando a gente faz isso, o que um aluno aprende em uma escola do Estado, será a mesma coisa do conteúdo de uma escola do município. Isso assegura a equidade e, para além disso, garante que a gente faça uma avaliação única para o Estado todo, crie sistemas de monitoramento e acompanhamento, garantindo economia de recursos e formação unificada dos professores. O maior ganho que a gente vai ter é no aprendizado dos alunos”, ressaltou Giselle.

Marcelo Ferreira da Costa, secretário municipal de Educação de Goiânia e presidente da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação – Seccional Goiás (Undime/GO), destacou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) não é um documento que deve ser guardado. “Ele deve ser manuseado, debatido, levado para as formações e trabalhos coletivos. Esse documento vai inspirar todas as mudanças nos Projetos Político-Pedagógicos (PPPs) das escolas, todas as mudanças de regimento  e todas as mudanças que nós precisamos para respondermos aos paradigmas que nos são apresentados a partir de agora. A educação vai mudando e, se não mudarmos a escola, ela deixará de ser atrativa”, disse.

Cooperação

Em seu discurso, a secretária de Estado da Educação, Fátima Gavioli, exaltou o trabalho em equipe na construção do Documento Curricular para Goiás e a cooperação entre diferentes entidades em prol de um documento e de ações que têm como objetivo elevar o nível da educação. “Nossa intenção é que o aluno receba a mesma informação, o mesmo conhecimento e o mesmo conteúdo para, quando for preciso pedir transferência, ele sofra o menor impacto possível porque as redes municipal e estadual estarão alinhadas em relação à aprendizagem. Peço a vocês que confiem nesse momento de crescimento que estamos vendo, porque a rede pública estadual de Goiás é muito forte e penso que o que faltava era só essa cooperação entre entidades para nos unirmos e criarmos esse pacto. Peço que façam o mesmo nos municípios, deixando de lado bandeiras partidárias, somente com o objetivo de fazermos uma educação melhor para os goianos”, ressaltou.


Tags: Educação Infantil Goiás GO Undime ensino fundamental BNCC Seduc Goiás Documento Curricular PPPs