Programa levará 540 professores de inglês da rede pública para aperfeiçoamento nos EUA


Foto: Jonh Matel (FullBright),Thomas Shannon (Embaixada EUA), Jorge Almeida Guimarães (Capes), Olga Freitas(Consed), Denise Neddermeye e Carmen Moreira de Castro Neves (Capes)


Professores de língua inglesa da rede pública de ensino básico poderão ir aos Estados Unidos para realizar treinamento de seis semanas pelo Programa de Aperfeiçoamento para Professores de Língua Inglesa nos EUA. As inscrições para o novo edital vão até 15 de outubro e tem como meta a participação de todas as unidades da federação.


A diretora da Escola de Aperfeiçoamento dos Profissionais da Educação do Distrito Federal, Olga Cristina Rocha de Freitas, esteve representando o Conselho na cerimônia de lançamento e mostrou-se contente com a iniciativa.


"É uma honra poder representar o Consed e participar deste momento. Investir na formação qualitativa dos professores é investir diretamente na qualidade da educação púbica brasileira. Programas como este, permitem que cada vez mais as escolas públicas tenham profissionais bem qualificados, valorizados e compromissados com a educação.", disse. 


A diretora também ressaltou que esta é uma oportunidade para que professores de escolas do interior também possam buscar um aprimoramento do idioma.

Com o apoio do Consed, o programa visa facilitar a divulgação do curso nas secretarias estaduais de Educação e alcançar ainda mais professores de língua inglesa da rede pública que buscam fortalecer a fluência oral e escrita no idioma nos Estados Unidos.

"Nós temos inúmeros programas sendo desenvolvidos aqui na Capes e precisamos muito contar com apoio das secretarias de Educação para que os professores sejam incentivados a buscarem mais qualificações e que sejam liberados para estas formações", contou o presidente da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), Jorge Almeida Guimarães.

O embaixador dos EUA no Brasil, Thomas Shannon, destacou durante a sua fala a experiência positiva do programa nos anos anteriores. "Setenta professores foram ao estado de Oregon por meio do programa, 20 na primeira edição e 50 na segunda, Tenho certeza que não estamos realizando algo apenas pelos professores e seus alunos, mas por toda uma geração e nosso futuro".


Sobre o programa
Desde 2011, o curso vem sendo desenvolvido pela Universidade de Oregon e os bons resultados possibilitaram a ampliação do número de vagas e o interesse de outras universidades americanas em também desenvolverem o projeto em 2013.

No total, 540 vagas estarão disponíveis, uma média de 20 vagas para cada ente federativo. Entre os benefícios para os participantes estão incluídos, alojamento, alimentação e deslocamento. Para participar da iniciativa é necessário possuir nacionalidade brasileira, ter bacharelado ou licenciatura em língua inglesa, além de atuar como professor efetivo na rede pública de ensino no ensino de Língua Inglesa.

O curso intensivo de seis semanas será realizado nas universidades americanas no período de 14 de janeiro a 26 de fevereiro de 2013. Para mais informações acesse o edital do programa aqui


Ascom/Consed com informações Capes

Foto: Guilherme Feijó – Ascom/Capes

11/9/2012

Acompanhe no facebook

Copyright © 2014. Consed - Conselho Nacional de Secretários de Educação. Desenvolvido por ConsisTI