NOTÍCIAS

Base Nacional Comum Curricular 13:53, 22 mar 2021 Em Dia D do novo Ensino Médio, Seduc discute implantação do modelo nas escolas de Goiás

Em Dia D do novo Ensino Médio, Seduc discute implantação do modelo nas escolas de Goiás

Na quinta-feira (18/3), a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) promoveu uma tarde de mobilização e formação sobre a implantação do novo Ensino Médio em Goiás: o Dia D do novo Ensino Médio. Mais

Nesta quinta-feira (18/3), a Secretaria de Estado da Educação (Seduc) promoveu uma tarde de mobilização e formação sobre a implantação do novo Ensino Médio em Goiás: o Dia D do novo Ensino Médio. Mais de 200 pessoas se conectaram ao evento on-line no canal da Seduc no Youtube.
 
Participaram do Dia D do novo Ensino Médio representantes do Instituto Unibanco e do Conselho Estadual de Educação de Goiás (CEE), superintendentes da Seduc, coordenadores regionais de Educação e assessores pedagógicos, além da secretária de Estado da Educação, Fátima Gavioli, o membro do comitê gestor Goiás de Resultados, Madson Ribeiro e assessora do Gabinete de Políticas Sociais, Maria Valente.

Apresentação das ações até aqui

Em um primeiro momento, a superintendente de Ensino Médio, Osvany Gundim, apresentou as ações realizadas pela Seduc na implementação do novo Ensino Médio de Goiás desde 2019. A secretaria iniciou o novo modelo de ensino em 592 escolas estaduais, elaborou o Documento Curricular para Goiás – Etapa Ensino Médio, e orientou as Coordenações Regionais de Educação (CREs) quanto às Propostas de Flexibilização Curricular das escolas.
 
“Consideramos que hoje é um dia de mobilização, porque vamos atualizar a todos do trabalho desenvolvido até aqui e dar um novo direcionamento para a implementação do novo Ensino Médio. Quando muitos se unem com o mesmo propósito, a tendência de dar tudo certo é muito maior”, afirmou Osvany Gundim.
 
O Documento Curricular para Goiás – Etapa Ensino Médio, que vai regulamentar esse novo currículo das escolas de Ensino Médio, já passou por duas audiências públicas no CEE. Agora, a versão final do documento aguarda aprovação do conselho e deve ser implementado na rede pública estadual a partir de 2022.

Marcas do novo Ensino Médio

Às 16 horas, os participantes foram divididos em salas virtuais fechadas para se aprofundarem em temas de seu interesse sobre o novo Ensino Médio. Foram ofertadas oito trilhas formativas, com temas de Projeto de Vida, Itinerários Formativos, Educação Profissional e Tecnológica, dentre outros.

Segundo a superintendente, o novo Ensino Médio é marcado pela ampliação da carga horária, a flexibilização do currículo, a oferta do Projeto de Vida, a busca da formação integral do indivíduo, o respeito aos Direitos Humanos, a sustentabilidade ambiental e a união da teoria e da prática pedagógica. A escuta dos estudantes também é essencial para o sucesso desse novo Ensino Médio, que coloca o estudante no centro da aprendizagem, como protagonista de sua própria vida.

O jovem é a razão de existir da escola

“O jovem, o estudante, é o objetivo principal da Educação, é a razão de existir da escola. E não conseguiremos fazer uma educação de qualidade se não pararmos para ouvir esses meninos, seus anseios, o que eles querem, o que eles precisam… É claro que existe toda uma legislação que nos orienta quanto ao que ensinar, mas também precisamos ouvir o que esses meninos querem aprender”, argumentou a gerente de Ensino Médio da Seduc, Itatiara Teles.

Durante o evento, foi exibido um vídeo com falas de estudantes do Ensino Médio, na rede pública estadual de ensino, sobre as suas expectativa para o novo Ensino Médio, as mudanças que eles já têm percebido nas escolas e as carreiras profissionais que eles querem seguir futuramente. 


Tags: GO Base Nacional Comum Curricular Governo de Goiás Ronaldo Caiado