NOTÍCIAS

Base Nacional Comum Curricular 17:07, 16 mar 2021 Escola de MT aposta em projeto interdisciplinar com teatro digital

Escola de MT aposta em projeto interdisciplinar com teatro digital

Projeto Teatro Tá On visa oferecer aos estudantes condições para desenvolverem habilidades ligadas às artes

Um projeto interdisciplinar, que envolve teatro digital, disciplina da base nacional comum curricular (BNCC), foi destaque no mês da mulher, na Escola Estadual Plena Antônio Epaminondas, no bairro da Lixeira, em Cuiabá. A parceria firmada com as atrizes do grupo In-próprio, da Capital, agradou os estudantes. O projeto ganhou o nome de Teatro Tá On.

Outros componentes curriculares, como a história e a geografia, entraram nas discussões temáticas contemporâneas, importantes para a formação para a vida, como as questões de gênero, a pressão imposta pelos padrões de beleza e os altos índices de feminicídio no Estado.

“A proposta do projeto é oferecer condições para que os estudantes desenvolvam na prática algumas das habilidades ligadas às artes, como apreciação e fruição artística, por exemplo”, destaca a orientadora do projeto, professora Thereza Helena.

Segundo a orientadora, o sucesso ocorreu devido à parceria firmada com o grupo de teatro. Além de disponibilizarem a gravação do espetáculo In-próprio para Dinossauros, ao final as atrizes ainda participaram de uma discussão sobre arte e cultura com os estudantes.

A proposta animou tanto os estudantes que, após o espetáculo, gravaram vídeos contando as impressões. “Achei maravilhoso. Eu tenho um carinho muito especial com o teatro, acho criativo e estou muito animada com esse projeto e apoio muito o Teatro Tá On”, destaca a estudante Nicolly Izabel de Morais, do 2º Ano do Ensino Médio.

Interação

A colega dela, Débora Cristina, do 3º Ano, é outra que saiu entusiasmada com a experiência. “É interativo, é legal da parte da professora se preocupar com a participação dos alunos nas aulas e o Teatro Tá On é um meio de nos comunicarmos melhor”, comemora.

Antes mesmo de assistirem ao espetáculo, os alunos já demonstravam muito interesse. “Estou muito curioso e animado para conhecer o trabalho dessas mulheres. Pelo que vi no site delas, já fiquei muito animado”, contou o estudante José Carlos, do 3º Ano.

Para a diretora Priscila Tavares, o projeto mostra a importância das parcerias para o desenvolvimento de um trabalho de qualidade. A diretora ressalta que, desde o início, a ação foi pensada de modo que a apresentação da gravação do espetáculo online pudesse ser um estímulo para o processo criativo dos estudantes.

A coordenadora pedagógica, Maria Osvaldita, acredita que essa seja apenas a primeira de muitas outras propostas. “Em resumo, esse projeto vem contribuir com o desenvolvimento do pensamento crítico dos estudantes”.


Tags: Mato Grosso MT seducmt Base Nacional Comum Curricular Teatro