NOTÍCIAS

Base Nacional Comum Curricular 15:07, 13 jul 2021 Homologado o Novo Currículo do Ensino Médio do Piauí

Foto:

O próximo passo é fazer formações, capacitar os professores, gestores e até mesmo os alunos para entenderem melhor sobre o Novo Ensino Médio.

A implementação de uma nova escola centrada na inclusão e equidade avançou no Piauí com a homologação do documento que desenha o currículo formativo para o Novo Ensino Médio na rede de educação pública e privada. A aprovação do currículo pelo Conselho Estadual de Educação (CEE) aconteceu durante o evento híbrido na sede da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), nesta terça-feira (13), e contou com a presença dos membros do Conselho.


Ainda em 2019, foi iniciado o processo para elaboração do Novo Currículo do Ensino Médio, coletivamente, pela Secretaria da Educação e entregue ao CEE, que após análise e recomendações, validou a nova proposta de formação para os jovens a partir de 2021.


Estrutura do currículo


O currículo do Ensino Médio piauiense está estruturado em um período de três anos, com a carga horária de 1.800 horas, destinadas à Formação Geral Básica e 1.200 horas, referentes aos itinerários formativos.

A formação básica contempla as quatro Áreas do Conhecimento, expressas na Base Nacional Comum Curricular (BNCC), contextualizadas com a realidade do ensino local. Os Itinerários Formativos ampliam as aprendizagens relacionadas às competências gerais da BNCC, às Áreas de Conhecimento e/ou à Formação Técnica e Profissional

Além das aprendizagens comuns e obrigatórias, definidas pela BNCC, que completam a Formação Geral Básica, os estudantes poderão, por meio dos Itinerários Formativos, escolher se aprofundar nos conhecimentos que mais se relacionam com seus interesses e talentos, conforme condições das escolas e das redes de ensino.

Ellen Gera, Secretário de Educação, presidiu a sessão especial de homologação do Novo Ensino Médio. Ele pontuou que a validação pelo Conselho Estadual de Educação do documento curricular moderniza e atualiza o processo de ensino e aprendizagem dos estudantes do Piauí.

"O Piauí acaba de ter o seu currículo referencial para o Ensino Médio homologado pelo Conselho, ou seja, nós temos um documento atualizado de referência para  trabalharmos o ensino-aprendizagem dos estudantes. O novo currículo irá provocar uma mudança no jeito de fazer a escola, na maneira de termos as nossas aulas e no ambiente escolar. Estamos trabalhando na estrutura física das escolas com as reformas e as construções também estão associadas às necessidades do Novo Ensino Médio. A nossa expectativa é que possamos ter um estudante com maior expectativa de aprendizagem e que ele encontre uma escola acolhedora, inclusiva e com aprendizagem equitativa no ambiente escolar", declarou o secretário.

A presidente do Conselho Estadual de Educação, Gildete Milu, relatou a importância da entrega do currículo e os passos seguintes para o novo momento do ensino piauiense. 

"Esse momento é muito importante e esperado por todos que fazem a educação. O Conselho e a Seduc têm tido um trabalho imenso no sentido de construir o currículo que foi homologado ,na esperança da equidade da educação. O próximo passo é fazer formações, capacitar os professores, gestores e até mesmo os alunos para entenderem melhor sobre o Novo Ensino Médio. Por meio dos projetos de vida, o estudante irá conviver na escola e escolher a sua profissão ainda na Educação Básica, então, este é um marco na história do Piauí e o Conselho está feliz em entregar este documento referencial.  O Novo Ensino Médio é uma oportunidade de materializar aquilo que sempre desejamos, que é o aluno como protagonista da sua própria história", concluiu.


Tags: PI Base Nacional Comum Curricular Novo Ensino Médio